A fogueira de Charles



Charles, de terceiro goleiro à titular (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

Charles, de terceiro goleiro à titular (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

Quando Martín Silva foi convocado para a seleção do Uruguai, Doriva sabia que perderia uma das referências do time por algumas rodadas. Até então, nada de novo. Jordi já o havia substituído em outras oportunidades, inclusive no clássico contra o Botafogo, na Taça Guanabara, e foi bem.

O que o técnico, e nem ninguém, esperava, era perder também o jovem goleiro. Surpresa maior a de Charles, contratado em janeiro do ano passado junto ao Cruzeiro para atuar pelos juniores do clube. Curiosamente, mesmo caminho feito pelo cruzeirense Fábio, em 2000.

Charles Marcelo, ou só Charles, é natural de Belo Horizonte, e fez parte da Seleção Brasileira Sub-17 que foi campeã do Sul-Americano em 2011. Curiosamente, foi trazido para São Januário exatamente para suprir a subida de Jordi para os profissionais.

Aos 21 anos de idade, entrou na fogueira contra a Ponte Preta, com o time perdendo por 1 a 0 e com um a menos em campo, para fazer sua estreia. Contra o Atlético-PR, no sábado, provavelmente fará sua estreia como titular. Um salto rápido para quem há uma semana sequer ficava no banco de reservas. Mas uma oportunidade de ouro para quem quer mostrar serviço.

Trabalho certamente terá…



  • Alexandre F.G.

    Fogueira mesmo, fogueiraça… mesmo assim ainda conseguiu fazer algumas defesas, e não teve culpa nos 2 gols que sofreu

  • Fred

    Mas convenhamos que 21 anos não é mais nenhum garoto. Helton estreou com essa idade no Mundial de 2000. Barthez ganhou a Liga dos Campeões com essa idade em 1993. E tantos outros jovens goleiros.

  • ODILON SILVA – RJ

    Entrou e mandou muito bem, eu diria até, que hoje estamos muito bem servindo de goleiros.

  • Ângelo Valério

    Aconteceu . Culpar o menino Jordi por causa disso? Se fosse o Martin , teria feito a mesma coisa. O problema ta aí. Sr. Eurico, assuma suas responsabilidades. O respeito voltou ? Aonde , presidente? Jogadores e técnico estão isentos. Afinal , o sr não diz que o Vasco tem time para ser campeão como apregoa aos quatro ventos? Reflita bem , sr. sabe tudo…

  • ODILON SILVA = RJ

    Os vascainos só não devem ter o campeonato carioca como parâmetro, futebol carioca tá no fundo do poço, basta vermos que nesse exato momento tem dois grandes clubes cariocas na zona da degola, tem um outro clube carioca disputando a segundona. Futebol carioca tá tão por baixo, que hoje temos um número de participantes do estado de Santa Catarina no campeonato brasileiro maior que o Rio de Janeiro,então não se iludam, ate porque, todos dizem que a maior visibilidade são conquistas nacionais, ou para o VASCO seria diferente. Também tomem cuidado com certos jornalistas que não são vascainos, mais adoram apoiar coisas erradas para os vasco, adoram apoiar politica errada para o VASCO,adoram se meter na politica vascaina, quem sabe dos problemas dosso clube somos nos. Agora mesmo, o VASCO já anuncia que não lutará pela parte alta da tabela, o clube ja tem uma das piores médias de público da competição, certos jornalistas fazem vista grossa para essas coisas, simplesmente não sentem, sefosse outros clubes eles já estariam reclamando, jáo VASCO fazem vista grossa, são falsos,cinicos com o VASCO, ainda apoiam o euriquismo.

  • Leo

    Entrou e foi até bem e aparenta ser um pouco melhor que o Jordi, apesar que em algumas faltas notei que ficava no meio do gol ao invés de cobrir o lado aberto sem barreira, mas enfim, tem reflexos e é ágil parece ser promissor, tomare

  • LUIS FELISBERTO – COPACABANA – RJ

    Tristeza, quero meu Vasco de volta.

MaisRecentes

A classificação do Vasco e a torcida única



Continue Lendo

Garçom, Escudero ganha três posições no Troféu Ademir Menezes



Continue Lendo

A fábula do Fabuloso



Continue Lendo