17 anos da Libertadores: a campanha do Vasco



Juninho comemora gol histórico contra o River Plate (Foto: Divulgação/Vasco)

Juninho comemora gol histórico contra o River Plate (Foto: Divulgação/Vasco)

No dia 26 de agosto completa-se mais um aniversário do histórico título do Vasco na Taça Libertadores da América. Foi a segunda conquista continental do Cruz-Maltino, que já havia vencido o primeiro campeonato Sul-Americano de Clubes, disputado em 1948, que deu origem ao torneio mais importante do continente e que serviu de inspiração para a criação da UEFA Champions League.

Mas se engana quem pensa que foi fácil chegar até o topo. A campanha vascaína começou com duas derrotas seguidas, para Grêmio e Chivas Guadalajara, e um empate contra o América do México, virando os jogos de ida com apenas um ponto em seu grupo.

A arrancada começaria contra o Tricolor Gaúcho, em São Januário. Com um show da dupla Donizete e Luizão, o Gigante venceu por 3 a 0 e entrou novamente na briga por uma vaga nas oitavas de final.

E a classificação veio já na partida seguinte, contra o Chivas. Com mais dois gols de seu camisa 9, que terminaria como o artilheiro da Libertadores, o Vasco triunfou mais uma vez na Colina e avançou na competição, podendo atuar com reservas no último duelo contra o América-MEX.

Nas oitavas, mais um adversário brasileiro: o Cruzeiro. E novamente a dupla de ataque garantiu a classificação. Jogando no Rio, os cruz-maltinos bateram os mineiros por 2 a 1 e foram em vantagem para o Mineirão. Diante de mais de 60 mil torcedores, Carlos Germano fechou o gol e garantiu o 0 a 0 que levou o time às quartas de final.

Na fase seguinte, mais uma vez o Grêmio pelo caminho. Sem poder contar com seu goleiro titular, convocado para a Copa do Mundo, coube a Caetano, terceiro reserva – Márcio estava machucado -, a responsabilidade de defender o gol vascaíno. E conseguiu. Com duas atuações surpreendentes, o Gigante avançou após um empate no Sul e uma vitória por 1 a 0, gol de Pedrinho, em São Janu.

Nas semifinais, o momento mais épico da campanha. Após vencer o primeiro jogo contra o River Plate por 1 a 0, o Cruz-Maltino foi até o Estádio Monumental de Nuñes em busca de sua primeira final de Libertadores. O gol do Sorín, ainda no primeiro tempo, levava a partida para os pênaltis até que, aos 37 minutos do segundo tempo, Juninho Pernambucano, que havia entrado no lugar de Luizão, cobrou falta com perfeição, encobrindo o goleiro Burgos e classificando o Vasco para a decisão.

Após tirar o grande River Plate da disputa, nada parecia poder parar aquele time vascaíno. E não parou. Com duas vitórias incontestáveis sobre o Barcelona de Guaiaquil, o Gigante conquistou a sua primeira Libertadores da América.

CAMPANHA DO VASCO NA LIBERTADORES DE 98

04/03 – Grêmio 1×0 Vasco
17/03 – Chivas 1×0 Vasco
20/03 – América-MEX 1×1 Vasco – Ramón
26/03 – Vasco 3×0 Grêmio – Luizão (2) e Donizete
03/04 – Vasco 2×0 Chivas – Luizão (2)
09/04 – Vasco 1×1 América-MEX – Richardson
15/04 – Vasco 2×1 Cruzeiro – Luizão e Donizete
02/05 – Cruzeiro 0x0 Vasco
03/06 – Grêmio 1×1 Vasco – Pedrinho
06/06 – Vasco 1×0 Grêmio – Pedrinho
16/07 – Vasco 1×0 River Plate – Donizete
22/07 – River Plate 1×1 Vasco – Juninho Pernambucano
12/08 – Vasco 2×0 Barcelona-EQU – Donizete e Luizão
26/08 – Barcelona 1×2 Vasco – Donizete e Luizão



  • ODILON SILVA = RJ

    PRA CIMA DO FLAMERDA, FORÇA VASCÃOOOOOOOOOOOOOOO

  • Percy Santos

    modesto baitola

  • Percy Santos

    modesto bibinha

  • Percy Santos

    não modesto de merda… deve ser da vaca da tua irmã, aquela que fica rodando bolsinha na frente do curral da tua casa

    • MODESTO PANGAREEEEEEEEEEEEEEEE

      SEGUNDA DIVISAO KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      • Percy Santos

        MODESTO biscate

  • Percy Santos

    Pô GARONE, até quando ficas deixando esse monte de merda do MODESTO emporcalhando a tua página?

    • MODESTO PANGAREEEEEEEEEEEEEEEE

      BBBBBBBBBBBBBBBBBBBBB SEGUNDONA

      • Percy Santos

        MODESTO bibinha

  • Percy Santos

    modesto de merda

    • MODESTO PANGAREEEEEEEEEEEEEEEE

      BBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBB

      • Percy Santos

        MODESTO idiota

  • Percy Santos

    modesto viado

    • MODESTO PANGAREEEEEEEEEEEEEEEE

      BBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBB

      • Percy Santos

        MODESTO corno

MaisRecentes

Os celibatários da verdade



Continue Lendo

Pikachu ganha quatro posições no Troféu Ademir Menezes



Continue Lendo

O ‘chef’ Milton Mendes



Continue Lendo