Técnico do Porto aponta fraqueza mental em Maicon, emprestado ao São Paulo



Praticamente um mês e meio depois do jogo em que derrubou o brasileiro Maicon do Porto, que acabou sendo negociado por empréstimo com o São Paulo, o técnico José Peseiro explicou o ocorrido com mais detalhes. Na derrota para o Arouca, o Dragão perdeu em casa com uma falha dele, em um momento que ficou evidente que o zagueiro não estava bem fisicamente.

Maicon lamenta após o gol do Arouca (Foto: AFP)

Maicon lamenta após o gol do Arouca (Foto: AFP)

Após o lance, Maicon, que era o capitão do Porto, pediu para sair. Acabou sendo massacrado por imprensa e torcida, foi acusado de “amarelar”, e até sua esposa e seu irmão, curiosamente jogador do Arouca, saíram em defesa do atual tricolor. Durante o Fórum de Treinadores de Futebol e Futsal, José Peseiro não aliviou.

– Não sei se foi um momento de indisciplina. Talvez fraqueza. A primeira coisa que lhe disse foi: “fica aí, que vai fazer o gol do empate”. Não resultou, o que posso fazer? Não tinha uma pistola para lhe apontar e obrigar a ficar em campo… Os jogadores não são marionetes, são seres efetivos de um processo – disse Peseiro, lembrando que não tem como voltar atrás:

– Quando se erra na rádio ou na televisão, pode emendar. O Maicon, quando cometeu aquele erro, não pôde emendar. E nem todos conseguem lidar com isso. Há homens que não são fortes o suficiente para conseguir lidar com o erro.

Tudo começou em outubro, quando Maicon pediu para sair no jogo contra o Belenenses sentindo dores. Dois dias depois foi diagnosticada uma ruptura muscular. Só voltou a ser relacionado no fim de novembro. Em janeiro, ficou fora de duas partidas por fadiga. No meio do mês voltou de vez e emplacou uma sequência. Até o jogo do Arouca.

Maicon foi emprestado ao São Paulo (Foto: Divulgação)

Maicon foi emprestado ao São Paulo (Foto: Divulgação)

Maicon tem contrato com o Porto até 2018, e está emprestado apenas até o fim de junho. Como provavelmente estará fora dos planos de José Peseiro, o clube português deve procurar algum outro time europeu. O Dragão pretende faturar cerca de 15 milhões de euros (R$ 61 milhões) com ele.



MaisRecentes

CR7 inaugura seu primeiro hotel e vai batizar o aeroporto da ‘Pérola do Atlântico’



Continue Lendo

Clube português promove dispensa coletiva e causa revolta em sindicato



Continue Lendo

Trio brasileiro estreia com vitória pelo Porto em amistoso de pré-temporada



Continue Lendo