O drama de Portugal para fazer a lista do futebol para os Jogos Olímpicos



No início, o sonho era ter Cristiano Ronaldo nos Jogos Olímpicos. Depois, a possibilidade de alguns outros astros acima de 23 para defender Portugal no Rio de Janeiro. Na sequência, pelo menos a chance de contar com os grandes destaques abaixo da idade limite. No fim das contas, o treinador Rui Jorge teve que divulgar uma lista incompleta e até apelou para um jogador sem clube.

Para se ter uma ideia do drama de Rui Jorge, da pré-lista de 35 nomes, conseguiu a liberação de apenas 11. Um dos outros 24 ele só soube que não poderia chamar momentos antes de divulgar a convocação final.

Rui Jorge (Divulgação)

Rui Jorge (Divulgação)

– Tem sido surreal fazer esta convocação. Extremamente difícil. Há uma série de fatores a ultrapassar. Há cerca de quarenta minutos recebemos um telefonema que nos retirou um jogador que estava confirmado. Não tivemos tempo para confirmar outro e por isso decidimos apresentar a lista assim – disse o treinador em entrevista coletiva, admitindo que a lista está longe de ser a que ele gostaria de ter:

– Claro que é a lista possível e não a desejada. Quando escolhemos 35 jogadores, escolhemos dentro daquilo que seria o ideal trazer. Atendendo às negativas que levámos, por parte de alguns clubes, apenas conseguimos 11 jogadores. Fomos à procura de soluções e escolhemos outros oito jogadores que foram negados. Não seria inteligente nem verdadeiro dizer que é a lista ideal.

Já desde o início, quando divulgou a pré-lista, sabia que não poderia chamar Cristiano Ronaldo, e ele nem entrou nos 35. Ainda assim, nomes importantes estavam lá e não foram liberados, como seis vencedores da Eurocopa: Raphaël Guerreiro, William Carvalho, Renato Sanches, Andrés Gomes, João Mário e Rafa. Além de outros também badalados, como João Cancelo, Bernardo Silva, Diogo Jota, João Carlos Teixeira, Rony Lopes, Rúben Neves, André Silva, Gelson Martins e Iuri Medeiros.

No fim das contas, ele divulgou a lista final com 17 jogadores (o 18º já foi divulgado), e com direito à presença de André Martins, ex-Sporting, e que está sem clube. A seleção das quinas está no Grupo D da Olimpíada. A estreia será no dia 4 de agosto contra a Argentina, no Maracanã, às 18h (de Brasília).

Confira a lista:

Goleiros: Bruno Varela (Vitória de Setúbal) e Joel Pereira (Manchester United);

Defensores: Edgar Ié (Villarreal), Ricardo Esgaio (Sporting), Tiago Ilori (Liverpool), Paulo Henrique (Paços de Ferreira) e Tobias Figueiredo (Nacional)

Meias: André Martins (sem clube), Bruno Fernandes (Udinese), Fábio Sturgeon (Belenenses), Francisco Ramos (Chaves), Sérgio Oliveira (Porto), Tiago Silva (Feirense) e Tomás Podstawski (Porto);

Atacantes: Carlos Mané (Sporting), Gonçalo Paciência (Porto), Nuno Santos (Vitória de Setúbal) e Salvador Agra (Nacional).



MaisRecentes

CR7 inaugura seu primeiro hotel e vai batizar o aeroporto da ‘Pérola do Atlântico’



Continue Lendo

Clube português promove dispensa coletiva e causa revolta em sindicato



Continue Lendo

Trio brasileiro estreia com vitória pelo Porto em amistoso de pré-temporada



Continue Lendo