Folia leonina! Conheça o bloco do Sporting, feito para celebrar as coisas boas da vida



Muita amizade, cerveja, samba e a paixão pelo Sporting. Com tudo isso na cabeça, foi criada uma confraria por amor ao Leão. Agora, o sonho de um dos membros, Héliton Juruna, realiza-se, e nasce o bloco. Por enquanto, uma desculpa para aproveitar das “belas coisas da vida”, como eles próprios dizem.

– Nossa bandeira, não temos. Gastamos em cerveja. Bateria? Aonde tiver som. O bloco é dos amigos, então que os amigos tragam. Patrocínio? Quem quiser, vem. O objetivo é fortalecer a amizade. Alguém coloca uma marchinha. Realizamos o sonho do Juruna, que idealizou o bloco. Em menos de um mês conseguimos o que muita gente não conseguiu. Por causa da simplicidade, isso que é legal. A ideia é reunir os amigos. Podemos curtir o som do bloco no Méier, Vila Isabel, Copacabana… – diz Ilton Fernando, diretor de marketing da confraria e mais falante dos amigos que se reuniram na Cinelândia, centro do Rio, para conversar com o blog Futebol na Terrinha.

[Best_Wordpress_Gallery id=”3″ gal_title=”Veja as imagens do Grupo Carioca Leonino Amigos do Sporting”]

Por enquanto, a ideia é se agregar. Neste sábado, eles estarão no Méier em evento que terá pagode e a bateria da BotaChopp, torcida organizada do Botafogo. O que, aliás, demonstra o conceito do grupo, que não separa torcedores dos times.

– No início, quando falava para tricolor, flamenguista, falavam que só ia ter português e vascaíno. Aí a gente falava para ir, que teria uma surpresa. E já está provado que a maioria é flamenguista, ao contrário do que muitos acham. Não. A maioria é flamenguista. Vai entender… – diz Flávio Chagas, outro membro do grupo, complementado por Ilton, que até já tenta arrumar uma parceria das grandes:

– Todos são bem-vindos. Tanto torcida daqui, quanto de lá. De preferência, com cerveja. E se a Heineken quiser doar, pois é verde, estamos aceitando. Cintra também, geladinha… É um grupo que gosta de se divertir.

E tudo foi bem rápido. A ideia surgiu em janeiro e o bloco foi fundado no dia 20, pois é feriado. Esse ano, a meta é juntar os amigos e curtir o Carnaval. Mas no ano que vem…

– Eu achava que não ia dar tempo nem de a camisa ficar pronta. Do dia que o Juruna ligou para agora, já teve uma divulgação, temos a camisa. Tudo isso em menos de um mês… A tendência é, com a aprovação, ano que vem conseguirmos ter o nosso bloco na rua. E nunca mudar a nossa origem – disse Sérgio Rodrigues, fundador do grupo:

– Alguns amigos tocam em outros blocos, a galera pode se organizar com mais calma para o ano que vem.

O grupo até já é conhecido em Portugal. A imprensa lusitana já fez reportagens sobre o grupo, e até já houve um convite de Bruno de Carvalho, presidente dos Leões, para que eles se tornem o núcleo oficial do Sporting. Tudo isso para celebrar a amizade.



MaisRecentes

CR7 inaugura seu primeiro hotel e vai batizar o aeroporto da ‘Pérola do Atlântico’



Continue Lendo

Clube português promove dispensa coletiva e causa revolta em sindicato



Continue Lendo

Trio brasileiro estreia com vitória pelo Porto em amistoso de pré-temporada



Continue Lendo