Benfica teme receber punição da Uefa por conta do comportamento de sua torcida



Em boa fase dentro de campo, o Benfica teme receber alguma punição por causa do comportamento de sua torcida fora de casa. Tanto em torneios nacionais, como internacionais. Porém, a apreensão por alguma multa ou até por outras penas é maior na Uefa, que tem sido cada vez mais rigorosa quando o assunto é vandalismo ou a utilização de materiais proibidos.

Dois incidentes nesta temporada são mais chamativos. O primeiro na partida fora de casa contra o Atlético de Madrid. No Vicente Calderón, após o gol de Gaitán, a torcida do Benfica lançou sinalizadores, sendo que um deles foi em direção aos torcedores do Colchonero.

Atlético de Madrid x Benfica (Foto: AFP)

A Uefa abriu inquérito e determinou que deveria ser aplicada uma multa de 20 mil euros (R$ 90,5 mil) ao clube português, e em caso de um novo incidente da mesma natureza, o clube deverá mandar uma partida com portões fechados.

Logo após a partida, o Benfica fez questão de pedir desculpas públicas ao Atlético de Madrid pelo ocorrido, e o clube espanhol aceitou. De qualquer forma, o Encarnado entrou na chamada “lista negra” da Uefa.

E já houve uma reincidência. Porém, não em partida europeia. No jogo contra o Estoril pelo Campeonato Português, em que a torcida do Benfica estava muito presente, pois mesmo sendo fora de casa, era bem próximo de Lisboa, teve sinalizador. Logo após o gol de Mitroglou, um foguete foi lançado ao campo de jogo e quase acertou o próprio jogador grego.

Tudo isso ligou o sinal de alerta no Estádio da Luz. Segundo o jornal “A Bola”, o Benfica lembrou que a própria torcida deve ser a primeira a se preocupar com isso, sabendo que pode prejudicar o clube.Estoril x Benfica (Foto: Divulgação / Estoril)

– Os torcedores têm de ser sensíveis aos custos e consequências disciplinares que este tipo de comportamentos representam para o Benfica. O grau de tolerância vai diminuindo. Estamos sob vigilância da Uefa e qualquer deslize vai levar à interdição da Luz. Com o Zenit, já não é só a questão pirotécnica que nos preocupa, mas também qualquer incidente que possa ser interpretado como manifestação racista – disse um representante do Benfica ao jornal, referindo-se ao jogo das oitavas de final contra o time russo.



MaisRecentes

CR7 inaugura seu primeiro hotel e vai batizar o aeroporto da ‘Pérola do Atlântico’



Continue Lendo

Clube português promove dispensa coletiva e causa revolta em sindicato



Continue Lendo

Trio brasileiro estreia com vitória pelo Porto em amistoso de pré-temporada



Continue Lendo