Zé Ricardo é uma atitude corajosa da diretoria



A escolha de Zé Ricardo para assumir o Botafogo mostrou que a diretoria é corajosa. Isso porque o treinador chega com elogios da imprensa e de boa parte da torcida, que enxergam nele a melhor opção disponível no mercado. Se nem ele conseguir colocar as coisas no eixo, ficará bem visível a incompetência dos dirigentes ao planejarem a atual temporada. O Alvinegro não tinha quatro treinadores em um mesmo ano desde 2005, quando Paulo Bonamigo, Paulo César Gusmão, Péricles Chamusca e Celso Roth passaram por General Severiano.

O Botafogo começou o ano apostando em Felipe Conceição. Confesso que na época gostei da escolha por ser um ex-jogador e estar trabalhando no clube. Mas quem estava lá deveria ter avaliado melhor e visto, por exemplo, que existiam outros na frente, como Eduardo Barroca. Se a ideia era apostar na base, por que não promover o técnico campeão brasileiro de juniores com os garotos. O resultado todos sabem: o vexame contra a Aparecidense e a ida de Barroca para o Corinthians.

Após tentar alguns nomes, a diretoria foi direcionada a Alberto Valentim. O treinador conseguiu dar algum padrão ao time, ganhou o Estadual nos pênaltis e vinha fazendo uma campanha honesta. Mas para azar dos dirigentes, a capacidade de planejamento foi colocada à prova novamente por conta de uma proposta árabe.

Campeonato Brasileiro em recesso, mas prometendo fortes emoções, uma Sul-Americana por disputar e um ano com poucos recursos. Não seria a hora de inventar né? Mas Marcos Paquetá foi a invenção da vez para uma diretoria que se notabilizou pelos erros em 2018. O clube pegou a barca errada e viu o treinador naufragar após cinco jogos.

Agora chega Zé Ricardo. Pelo menos ele não preicsará se sentir tão seguro no cargo, pois vem de bons trabalhos. Pois se dependesse de receber segurança no atual Botafogo… Que Deus proteja este fim de ano do clube!



MaisRecentes

Valentim e o caminho errado



Continue Lendo

O desejo de priorizar o elenco passa por Carli



Continue Lendo

Jogador gosta de competição



Continue Lendo