Gol de Carli pode ressuscitar Carioca



A final entre Botafogo e Vasco do último domingo vai ser lembrada daqui a 10 anos, 20 anos, 30 anos. O gol de Joel Carli vai ser citado quando se falar de gols importantes pelo Carioca do mesmo jeito que hoje falamos do gol de Maurício, do gol de Petkovic ou do gol de barriga do Renato Gaúcho. Aquele lance não foi importante apenas para a história do Botafogo. Mas principalmente para o Campeonato Estadual do Rio de Janeiro, que vem necessitando de um tratamento de choque.

O gol de Joel Carli pode ser o ponto de partida para uma ampla discussão sobre o Campeonato Carioca. Sobre a maneira como a competição deve ser tratada. Foram 65 mil torcedores presentes, apoiando seus times, vibrando até o último minuto. Esse é o Cariocão que todos querem e não aquele do jogo de quinta-feira, às 19h, em Los Larios, com 120 torcedores, sendo a maioria não pagante.

Um modelo mais eficiente, que valorize os clássicos e que não os banalize, deve ser adotado. “A diferença entre o remédio e o veneno é uma bobagem, um simples erro de dosagem”. Na pressa de curar a competição, a Ferj criou uma fórmula louca, onde clássicos são jogados sem que tenham a menor importância. O Botafogo ganhou de 3 a 2 do Vasco foi pela Taça Rio??? A lesão do João Paulo foi do clássico da Taça Guanabara né??? Esse tipo de indagação não deve existir. A banalização do clássico leva o mesmo à morte. O remédio virou veneno.

Mas Joel Carli e seu gol mostraram que ainda há salvação. O público que foi ao jogo também acenou que ajuda não vai faltar se o bom senso prevalecer.

O Botafogo foi campeão com méritos. Não desistiu um só minuto. Superou lesões, perdas de jogadores, erros e tudo mais que surgia e parecia afastá-lo da volta olímpica. Foi Botafogo. Ganhou como Botafogo e fez valer, de forma positiva, a máxima de que “Tem coisas que só acontecem com o Botafogo”. Tomara que uma dessas coisas seja salvar o Carioca, que já foi por muitos anos, o Estadual mais charmoso do Brasil.



MaisRecentes

Jogador gosta de competição



Continue Lendo

Uma estreia que permite projetar um bom futuro



Continue Lendo

Vinicius Júnior, Luiz Fernando e a vitória que deixa o futebol mais atraente



Continue Lendo