Nunca foi fácil para o Botafogo



Acho que nem o mais otimista dos torcedores poderia esperar uma goleada sobre o Colo-Colo ou sobre o Olimpia que permitisse ao Botafogo ter uma vida tranquila fora de casa. Nunca foi fácil. O normal em termos de Alvinegro é acontecer o que vimos em Santiago. Gol do adversário nos primeiros minutos, ainda mais contra para abalar moralmente o time, e drama de uma eliminação precoce. Isso sim é Botafogo. O problema para quem torce contra é que também é ser Botafogo reagir quando ninguém espera, mostrar força no momento mais complicado e conquistar um resultado capaz de fazer o rival, indignado, soltar a pérola: “Tem coisas que só acontecem com o Botafogo”.

O Botafogo também foi Botafogo na noite de quarta-feira. Foi Botafogo em cada momento que a bola era cruzada em sua área e Helton Leite se negava a sair para cortá-la. O goleiro também encarnou o que é ser Botafogo quando salvou o time em uma defesa que poucos torcedores viram, pois já estavam com os olhos para o alto tentando ignorar o fato. Jonas, parceiro inseparável do erro desde que chegou a General Severiano, também ajudou o Botafogo a ser Botafogo. Deu a sensação de que o Glorioso estava sempre perto de sofrer o gol de empate. Mas venceu. O Botafogo também foi Botafogo na lesão do Montillo, que fez o o jogo virar drama. Mas foi possível reagir.

Porém, para que falar apenas de superação? Ser Botafogo não é apenas isso. É também ser talento. Afinal de contas, “Os teus idolos sao tantos, Didi Garrincha, Nilton Santos, já vestiram esse maaaanto”. Talento nos cortes precisos e antecipações de Marcelo. Imagino ele ao lado de Joel Carli. Talvez a melhor dupla de zaga desta Libertadores. Foi talento no gol de Pimpão, uma bicicleta que fez muito torcedor chorar de alegria no Niltão. Foi talento nos dribles do Camilo e nas jogadas de efeito do Aírton.

Caramba. Para a semana que vem não tem Montillo? O Bruno Silva é dúvida? Helton Leite de novo? Carli estará cem por cento? Não interessa. Afinal de contas, nesta Libertadores o Botafogo está sendo cada vez mais Botafogo.



MaisRecentes

O desejo de priorizar o elenco passa por Carli



Continue Lendo

Jogador gosta de competição



Continue Lendo

Uma estreia que permite projetar um bom futuro



Continue Lendo