Ainda bem que a semana está acabando



A semana não foi muito boa para o Botafogo, a começar pela derrota de 1 a 0 para o Palmeiras, que dificultou o caminho da Copa Libertadores e fez o Alvinegro perder algumas peças importantes para a decisão contra a Ponte Preta. Casos, por exemplo, do lateral Alemão e dos zagueiros Joel Carli e Emerson Silva. E pensar que o tropeço em terras paulistas seria apenas o começo de um período de notícias ruins.

Uma das mais impactantes, sem sombra de dúvidas, a perda do goleiro Jefferson pelos próximos meses. Afinal de contas, o jogador vai ter que operar mais uma vez após consultar uma segunda opinião. Aliás, ao longo de todo ano de 2017 o departamento médico do Botafogo teve que enfrentar problemas, pois do goleiro ao ponta esquerda todo mundo praticamente foi fazer uma visita ao doutor. Alguns, como Sassá, dão a impressão de que ainda não se recuperaram completamente, embora, mesmo assim seja titular na minha humilde opinião.

Sem Jefferson o torcedor do Botafogo pelo menos ficou aliviado, pois tem Sidão. Ou não, né? Ao que indica os noticiários, o goleiro que foi destaque do Audax no Paulistão e vem fechando o gol dos cariocas no Brasileiro será reforço do São Paulo. Mas a diretoria não vinha negociando há semanas com ele? Deixar o jogador ir embora tendo a preferência e justamente em um momento que o capitão do time está fora de combate será engolir uma mosca que não deveria mais fazer parte do cardápio de Carlos Eduardo Pereira. Abre o olho!

A semana teve ainda a Arena Botafogo se transformando em Arena Flamengo. Sei que muitos defendem o Estádio Nilton Santos. Mas acho que o Botafogo sempre precisou de um alçapão. Como foi General Severiano em áureos tempos, inclusive com times rivais sentando em campo para não perder de mais, e do Caio Martins, de tão importante participação em memoráveis campanhas, como do Brasileirão de 1995 e dois anos antes da Copa Conmebol. Se monetizar o Niltão é importante, ter um alçapão para fazer os rivais tremerem também é. O Niltão não tem muito essa cara de alçapão. É um estádio elegante, assim como o futebol daquele que lhe dá o nome. Em alguns momentos, é preciso ser na base do caldeirão.

Pelo menos a semana se encerra neste sábado com a esperança de que a próxima seja de melhores notícias. Mas bem que a diretoria do Botafogo podia tentar empurrar o jogo com a Ponte para um pouco depois das 23h59. Ia dar uma forcinha ao Jair e ao seu time.



  • fjos

    Meu caro,não devemos ter pressa para que essa semana acabe. Com os resultados desse fim de semana,a semana vindoura pode ser muito pior.
    Concordo que precisaríamos de um alçapão,já que um campo onde a torcida fica no cangote do adversário ajuda muito.Sem falar no gramado que nivela os times melhores por baixo,como precisa o nosso time.
    Mas não dá para manter 2 estádios.

    O assunto Sidão irrita-me profundamente. Um vacilo horroroso desses dirigentes. Já tinha um bom goleiro, e agora vai ter que correr atrás de outro.
    Show de ineficiência.
    E finalmente,o jogo contra a Ponte deve ser muito difícil (não por excelência do nosso adversário,mas por falta de eficácia do ataque do Botafogo quando tem que fazer gols).
    Vamos torcer e ver o que o nosso Botafogo nos reserva.

MaisRecentes

Gostei do futebol do Marcinho



Continue Lendo

Sassá ou Roger?



Continue Lendo

Vitória com cara de Libertadores



Continue Lendo