Derrota para mostrar a realidade



Após aplicar 1 a 0 no Vitória muitos colocaram o Botafogo como candidato ao G-4. Pelo equilíbrio da competição essa condição não chega a ser nenhum absurdo. Porém, já vinha colocando que preferia ser cauteloso em relação a isso e elogiei em um post anterior a prudência de Jair Ventura. A cautela do treinador acabou sendo confirmada pela derrota diante do lanterna em uma noite de apático futebol do Botafogo.

O Botafogo que jogou naquela noite não é o Botafogo de 2016. Mas o Botafogo de 2016 também não é aquele da sequência de vitórias. O Botafogo de 2016 é a soma dos dois, com algumas divisões, somas, multiplicações e por ai vai. O produto final é um time que, até que se prove o contrário, precisa de 46 a 48 pontos para atingir seu principal objetivo.

O Botafogo segue sendo dependente de Camilo, continua sentindo a falta de desfalques, mas também, é um time que não lida bem com a derrota, ao contrário do de 2014, por exemplo. O Botafogo caminha bem para fugir de qualquer risco de rebaixamento. E isso nem a derrota de sábado parece mudar. Porém, apenas quando atingir o número mágico é que será possível pensar em uma luta mais nobre e condizente com a história do clube.



  • Jorge Luis

    Para um técnico que entra com 3 volantes contra o LANTERNA do campeonato, só dava para perder mesmo, é muita falta de ousadia, por isso nunca me enganei, esse jair ventura é muito fraquinho, qualquer técnico mais ou menos iria tirar nosso time lá de baixo (desde que não seja retranqueiro como o RG), precisamos sim é de um técnico que jogue para ganhar e não fique retrancando o time com medo do lanterna do campeonato, que prefere improvisar um zagueiro na lateral a usar um lateral nato, que insiste com um Canales totalmente inútil e tira os melhores do time como Neilton e Camilo, só nos resta mesmo é fugir do rebaixamento, pois com esse fraquinho no comando não resta mais nada a fazer no campeonato.

  • Botafogo Rio de Janeiro

    O que me impressiona é que todos observam a mesma coisa, menos a Comissão técnica INCOMPETENTE DO BOTAFOGO. O Canales não é jogador de futebol, é peça inútil em campo. Jogar com 3 volantes pesadões é jogar para perder, sem chance de jogar. É um tal de passar bola para os lados, SEM CHUTES, SEM INFILTRAÇÃO, SEM VELOCIDADE, SEM CONTRA-ATAQUES, SEM CRIATIVIDADE! A zaga não se acerta! Não tinhamos reserva para o Luis Ricardo desde o começo do ano. Contratou-se uma porrada de jogadores muito fracos estrangeiros, é só ver o cara tocar na bola para saber se ele joga ou não. O Antonio Gomes é o maior responsável e o INCOMPETENTE que contratou este bando de PEREBAS e afundou o Botafogo em dívidas SEM RETORNO. Bruno Silva, Airton, Dudu Cearense, e Lindoso são volantes e só HÁ VAGA PARA DOIS. O meio tem que ser completo com jogadores velozes e guerreiros: Leandrinho, Diogo Barbosa, Matheus Fernandes, Yuri, Camilo. O ataque tem participar da marcação e não ficar paradão como o Canales. O Jair só acertou por falta de opções. Quando teve os jogadores na mão, VOLTOU PARA O BURRÃO 3 VOLANTES VOLANTES!!!

MaisRecentes

É preciso calma para não repetir erros do passado



Continue Lendo

Hora de fazer história



Continue Lendo

A tranquila eleição alvinegra



Continue Lendo