A diretoria precisa ficar em alerta



Leio a matéria do companheiro Felippe Rocha falando sobre a situação de Luis Henrique no Botafogo e para mim fica muito claro que a diretoria precisa agir com muita inteligência e cautela em relação ao assunto. O jogador já mostrou que é promissor e que tem tudo para ter uma bela carreira. Ainda cru, vai depender de amadurecimento profissional, o que não é nenhum problema para quem tem 18 anos. O fato é que não pode passar pela cabeça do presidente Carlos Eduardo Pereira e do departamento de futebol deixar um talento ir embora.

Se Luis Henrique vai ficar em condições de assinar com outro clube nos próximos meses, então a diretoria deve agilizar a renovação. Apresentar um plano de carreira para o atleta e até mesmo tentar alguma negociação por empréstimo que realmente represente algum avanço para o jogador.

O presidente prometeu que o Botafogo não perderia mais seus talentos com facilidade, como aconteceu em gestões anteriores. Esse episódio deve mostrar isso. Pois, do contrário, depois não adianta ficar jogando para a galera após derrotas em tribunais.



MaisRecentes

Valentim e o caminho errado



Continue Lendo

O desejo de priorizar o elenco passa por Carli



Continue Lendo

Jogador gosta de competição



Continue Lendo