Gegê e Yaca: noite de fortes emoções



O torcedor do Botafogo começou a semana sonhando em ver Camilo e Leandrinho na criação de jogadas. Para muitos a melhor dupla para o setor. Porém, vai ver na noite desta quarta-feira, contra o Figueirense, Yaca Núñez e Gegê como responsáveis por municiar a dupla de ataque. Acho que poucos vão gostar. Yaca tem sempre mostrado vontade, mas sua limitação é visível. Em alguns lances chega a atrapalhar o ataque, quando é o responsável por algum contra-ataque.

Gegê, por sua vez, parece estar jogando pela lata do lixo a grande oportunidade de sua vida. O jogador luta contra a regularidade. Fez bons jogos, principalmente no começo do Campeonato Carioca, mas logo caiu de produção. Fica a sensação de que sempre falta algo para engrenar.

Sinceramente não gosto de fazer previsões pautadas em um ou outro jogador, porém, a dupla de criação de jogadas para um duelo em que o Botafogo é mandante e vai precisar propor o jogo é no mínimo preocupante. A falta de qualidade de Yaca e de objetividade de Gegê se tornam fatores de risco, que prometem emoções fortes para o torcedor alvinegro. Ainda mais contra um rival que tem sido uma pedra no sapato.



MaisRecentes

Jefferson e Gatito: tem espaço para os dois



Continue Lendo

As lições da vitória no Uruguai



Continue Lendo

Botafogo precisa ser rápido sem Montillo



Continue Lendo