Vasco tinha números mais preocupantes em 2015



Material hoje do LANCE! traz uma comparação entre as campanhas de Vasco em 2015 e Botafogo em 2016. Nas redes sociais e estádios tem sido comum torcedores botafoguenses demonstrarem preocupação em ter o mesmo destino dos vascaínos, que subiram para a Primeira Divisão em 2015 e já retornaram para a Série B. O questionamento gira em torno de uma repetição da saga do rival.

Analisando alguns números o Botafogo tem dados um pouco menos preocupantes. Até a sexta rodada de 2015 o Vasco tinha apenas três pontos, ainda não havia vencido na competição e tinha conseguido apenas um gol, no empate por 1 a 1 com os reservas do Internacional. Além disso, sua defesa dava um show de desorganização, tendo levado nove gols. O Botafogo após seis rodadas tem quatro pontos (um a mais que o Vasco), marcou três gols e sofreu oito gols. Além disso, já conseguiu vencer.

Logicamente que a diferença entre os números é pequena e o motivo de preocupação dos botafoguenses é justo. Afinal de contas, não faz parte dos planos uma queda neste momento. É papel da imprensa e da torcida analisar o passado para projetar o futuro. Mas a Ricardo Gomes e aos jogadores cabe apenas mudar a realidade, voltar a vencer e evitar que a campanha vire um drama. O treinador do Botafogo fala que em dez rodadas o time não estará mais nesta faixa da tabela de classificação. Fica a torcida para que ele esteja certo.

Abaixo os jogos de Vasco-2015 e Botafogo-2016 nas primeiras seis rodadas:
Campanha Vasco-2015

10/5 – Vasco 0 x 0 Goiás
17/5 – Figueirense 0 x 0 Vasco
23/5 – Vasco 1 x 1 Internacional
31/5 – Atlético-MG 3 x 0 Vasco
3/6 – Vasco 0 x 3 Ponte Preta
7/6 – Atlético-PR 2 x 0 Vasco

Campanha Botafogo-2016

15/5 – Botafogo 0 x 1 São Paulo
22/5 – Sport 1 x 1 Botafogo
25/5 – Botafogo 2 x 1 Atlético-PR
29/5 – Fluminense 1 x 0 Botafogo
1/6 – Botafogo 0 x 1 Cruzeiro
5/6 – Santos 3 x 0 Botafogo



MaisRecentes

É preciso calma para não repetir erros do passado



Continue Lendo

Hora de fazer história



Continue Lendo

A tranquila eleição alvinegra



Continue Lendo