Sequência pode ser decisiva para rumos do Botafogo



O time do Botafogo está longe de encantar pela qualidade técnica, mas mesmo assim dá gosto ver a entrega e a obediência tática dos jogadores. A vitória sobre o Atlético-PR quebrou o tabu de conseguir vencer pela primeira vez na competição. Melhor ainda que o triunfo veio em uma semana onde reforços foram anunciados e o elenco começa a ganhar mais corpo. O ideal é aproveitar o momento favorável para alcançar a confiança necessária e mudar o rumo dentro do Brasileirão. Para isso, a sequência que está por vir é importante.

Vencer o clássico contra o Fluminense é fundamental para o Botafogo. Os próprios jogadores reconhecem que superar um rival significa dias de trabquilidade e muda qualquer ambiente. Depois, o Alvinegro vai enfrentar um Cruzeiro que ainda não mostrou a que veio. Os problemas do adversário podem ser vistos como uma excelente oportunidade de ganhar mais três pontos.

A sequência prevê um duro duelo com o Santos, na Vila Belmiro. Porém, o Peixe também ainda não convenceu no Brasileiro e está sem Ricardo Oliveira. Pontuar na Vila Belmiro, com um sólido sistema de marcação como o Botafogo tem, não chega a ser nenhum absurdo. A série de cinco jogos seria fechada com duas partidas em casa contra Vitória e América-MG, onde seis pontos são vistos como obrigatórios qualquer que seja a Matemática.

Estando em bons dias, com uma pitada de sorte e com o sólido esquema tático montado por Ricardo Gpomes, o Botafogo pode sonhar com pelo menos 11 ou 13 pontos dos 15 que vai disputar nas próximas cinco rodadas. Conseguindo essa pontuação, ganha fôlego e gordura para seguir bem. Mas que os torcedores não se iludam, apesar das contas matemáticas, a campanha vai ser de luta o tempo todo. Menos mal que da briga esse time parece não fugir.



MaisRecentes

Jefferson e Gatito: tem espaço para os dois



Continue Lendo

As lições da vitória no Uruguai



Continue Lendo

Botafogo precisa ser rápido sem Montillo



Continue Lendo