O Vasco precisa do seu torcedor



Alô, Turma da Fuzarca! É com pesar que escrevo este texto. Está difícil ver dirigentes acabando com o nosso tão amado clube ano após ano, ó pá! O pior de tudo é que esta queda foi desenhada. O nosso primeiro turno foi ridículo. A campanha vexatória, que teve culpa da bagunça nos bastidores, já que quem manda no futebol não se dá bem, além do fraco time montado.

O mais triste é que este mesmo time, que foi reforçado no meio do campeonato e contou com a chegada do bom Jorginho, resgatou muita coisa. E um desses resgates foi o maior patrimônio do clube: nós, os torcedores! Abraçamos o Vasco e, com base na vontade e na superação, o time foi ganhando jogos e dando esperança de que se livraria de mais uma Série B.

Não deu. Aquele pesadelo de 2008 e 2013 se repetiu. É triste demais acordar e ouvir as gozações dos rivais. É triste ter que passar mais um ano sem motivação de ver o time na Série B. O lugar do Vasco é na elite e brigando por títulos, sempre. Não dá para fecharmos os olhos para o que aconteceu nesta temporada.

Mas repetindo aquilo que já falei. Que nós continuemos a abraçar o time. Que nós continuemos a levá-lo para cima. O Vasco só voltará a ser grande quando o seu torcedor entender que quem manda no Vasco é ele e não um senhor que hoje deveria estar embarcando para a Sibéria. Logo ele que adora gritar que costuma cumprir sua palavra. Será que vai fazer isso?

Neste ano, muito se falou em respeito. Mas quem menos respeitou o Vasco foi aquele que se diz dono do clube. Ele não é. O Vasco é nosso e só sairá dessa com a nossa força. Só sairá dessa com seu maior patrimônio. Nós.



MaisRecentes

Chupem esse Manga, pá!



Continue Lendo

O Gigante acordou!



Continue Lendo

Moisés fará a diferença por aqui



Continue Lendo