Empate foi amargo demais!



Alô, Turma da Fuzarca!

O empate deste domingo pode ser considerado derrota. Tínhamos a faca e o queijo na mão, mas não soubemos aproveitar as oportunidades. Não podemos perder tanto gol. Fica de aprendizado para esta reta final.

Sobre o jogo, dominamos o São Paulo, mesmo quando tinham onze em campo. Nenê foi praticamente um maestro, com todas as bolas passando pelos seus pés. Jogou demais!

Nosso time tem demonstrado poder de reação. Vamos caminhar juntos rumo a esta épica virada! Afinal, este português resolveu acreditar.



  • Carlos Ramos

    A agonia continua, ela vai permanecer até a última rodada.

    • Odil Souto

      COMO VASCAÍNO CONSCIENTE, ACHO QUE MEU VASCÃO JÁ ESTARÁ REBAIXADO ANTES DA ÚLTIMA RODADA!!

  • Roberto Moulin

    Pensei que ,o Presidente da Federação Catarinense de Futebol fosse o líder dos BABACAS,mas me enganei porque o BABACA maior é o PRESIDENTE DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO ..que na sua ignorância está achando que essa tal liga Sul-Minas Rio ,vai resolver os problemas do futebol mineiro.Só mesmo um BABACA pode achar que brigando com a CBF(mesmo que a entidade esteja em crise),vai conseguir alguma coisa
    com o apoio de meia dúzia de clubes em um universo de mais de 100 clubes que fazem parte e apoiam a CBF

  • Roberto Moulin

    Os comentaristas de arbitragem da GLOBO e da BAND,disseram que foi pênalti e tem mais ;disseram também queteve mais um pênalti a favor do Vasco que apesar de escandaloso,não foi marcadoagora vem esse OTÁRIO do Rogèrio Seni e fala um monte de besteira;será esse goleiro com tanto tempo no futebol ainda não conhece as regra?

    • Paulo Jose Lima

      lógico que ele vai puxar para o lado do time dele.

  • Odil Souto

    MEU CORAÇÃO DE VASCAÍNO JÁ ESTÁ CHORANDO A MORTE DO MEU VASCÃO NA PRAIA!! COM ESE LEANDRÃO, COM O ARGENTINO E O MEIO CAMPO PARAGUAIO NO TIME JORGINHO ESTÁ SENDO O MAIOR CULPADO PELO VASCO AINDA ESTAR AGONIZANDO NA PRAIA.

MaisRecentes

Moisés fará a diferença por aqui



Continue Lendo

Faltará apenas melhorar o setor criativo



Continue Lendo

É só trazer os filhos para o Rio, Nenê!



Continue Lendo