Não vejo coisas boas pela frente



Alô Turma da Fuzarca! O jogo do último sábado era com portões fechados, mas como bom entendedor de Vasco e São Januário, dei um jeitinho de assistir. De um prédio vizinho, fiquei na janela com a minha luneta de Almirante e acompanhei tudo, ó pá!

Mas não tive uma boa impressão. Entre um bolinho de bacalhau e outro, tive a certeza de que nossa vida não será nada fácil nesta longa caminhada de volta à Série A.

Quem me conhece há mais tempo sabe que costumo confiar e exaltar sempre os gajos da Colina. Porém, ficou claro que precisamos contratar. Ainda mais agora, com a lesão do nosso bravo Everton Costa.

Como não dá para esperar muito da atual diretoria, já estou iniciando minhas orações para Nossa Senhora das Vitórias, acendendo velas para o eterno Pai Santana e vou pedir ao meu amigo Caique uma folha de arruda emprestada para me benzer com ela durante os 90 minutos de cada um dos jogos.

Vamos acordar, pessoal! Nosso Vascão não pode ficar na Série B.



MaisRecentes

O Gigante acordou!



Continue Lendo

Moisés fará a diferença por aqui



Continue Lendo

Faltará apenas melhorar o setor criativo



Continue Lendo