A bandeira do Vasco não vai sair mais da minha janela



Alô Turma da Fuzarca!

Fui à Colina estes dias para adquirir uma nova camisa do Vascão e o vendedor acabou me oferecendo uma bandeira. Dono de padaria e velho comerciante que sou, disse logo para o gajo: – Ô meu amigo, tu queres me empurrar uma bandeira? Pois fique sabendo que a única coisa que não falta na minha casa é bandeira do Vasco. E foi aí que o sujeito me explicou da campanha que estão fazendo para comemorar o aniversário do Gigante da Colina.

Apesar das inúmeras bandeiras vascaínas na minha residência, acabei levando uma nova. E ela já foi para a janela do prédio, causando inveja na Molambada. Ao avistar a paisagem, Dom Manolo correu lá para casa. Mandei minha esposa fritar uns bolinhos de bacalhau e saquei um bom vinho do Porto, de uma marca fundada em 1898. Na resenha, eu e meu escudeiro fiel lembramos das tantas glórias desses 115 anos maravilhosos, o pá!

Começamos com os Camisas Negras, passamos pelo Expresso da Vitória, lembramos do primeiro título do Brasileirão, em 1974, nos maravilhamos com a incrível geração de 97 a 2000 (que teve o maior jogo da história do futebol) e encerramos o tour das glórias com o Trem Bala da Colina.

Tenho certeza que o nosso Reizinho conduzirá a caravela para mais uma conquista, ou até duas (Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro), nesta temporada. Assim, a bandeira do Cruz-Maltino não sairá mais da minha janela. Saudações Vascaínas!



MaisRecentes

Chupem esse Manga, pá!



Continue Lendo

O Gigante acordou!



Continue Lendo

Moisés fará a diferença por aqui



Continue Lendo