A história do espantador de gambás



Enquanto molho a garganta com suco de groselha e mastigo uns bolinhos, vou contar uma fábula para vocês:

Era uma vez, um Almirante Português e um  Gambá. Esse Almirante viajava o mundo com seu barco e sua valente tropa. Tudo dava certo. A esquadra era muito bem sucedida no que fazia. Até que em um determinado momento, as coisas começaram a dar errado.

Tempestades e mais tempestades assombraram o grupo. Marujos importantes deixaram a equipe e dinheiro já não havia mais. O Almirante se viu em maus lençóis.

Porém, depois de uma fase ruim, o Sol, ainda que tímido voltou a aparecer. Novos tripulantes foram contratados e o dinheiro começou a ser recuperado aos poucos. Mas um novo susto aconteceu.

Um Gambá apareceu no barco e com ele veio um início de uma nova tempestade de problemas. No entanto, depois de uns dias de tensão, o Almirante expulsou o bicho fedido para longe e paz voltou a reinar. O barco do nosso herói navegou forme para o sucesso sem a intervenção de bichos escrotos no caminho, o pá!

Moral da história: espante o que te incomoda que tudo voltará a se acertar.

Amigos, então eu pergunto a vocês, o que significa a permanência de Dedé para a massa vascaína?

Saudações!



MaisRecentes

Chupem esse Manga, pá!



Continue Lendo

O Gigante acordou!



Continue Lendo

Moisés fará a diferença por aqui



Continue Lendo