No caminho de lendas da nossa Colina História



Alô turma da fuzarca! Está muito cedo, é verdade, mas não posso conter minha empolgação com a estreia do Diego Souza, ó pá. O cara mostrou a vontade e o oportunismo que nem nossos maiores ídolos tiveram em suas primeiras apresentações pelo Gigante da Colina.

Existe motivo maior para eu não conter a euforia? Não posso ser injusto a ponto de esquecer de citar Juninho Pernambucano, o nosso Reizinho e único em um grupo de celebridades cruz-maltinas que conseguiu balançar as redes em sua estreia, ora pois.

Mas se o Dieguinho fizer metade do que nosso eterno Reizinho fez, o cara já pode se jogar nos braços da torcida e o Vasco providenciar um lugarzinho para a foto dele na galeria de ídolos.

O único prejuízo que tenho com essa história toda, além da voz, que some a cada jogo de tanto gritar, é nos copos de suco de groselha que eu dou como prêmio aos meus meninos a cada grande exibição. Se o Diego já foi assim na estreia, imagina o rombo que ele vai dar no meu estoque durante esses três anos de contrato que ele fechou com o nosso Vascão.



MaisRecentes

Chupem esse Manga, pá!



Continue Lendo

O Gigante acordou!



Continue Lendo

Moisés fará a diferença por aqui



Continue Lendo