Linhagem real de Cotia atrai os forasteiros



Caros tricolores, tricampeões mundiais, a fama, o lastro e o respeito fazem com que a linhagem real de Cotia, formada por garotos de sangue puro e nobre, desperte o interesse de jovens em todo o Brasil.

E como somos todos educados e acolhedores, sem nenhum tipo de preconceito – ao contrário de figuras da estirpe de Tião Fiel, Doquinha Gonazaga e Massimo Divino – todos são bem vindos!

Assim, Lyanco Vojnovic, o Lugano dos Bálcãs, trouxe a nobreza sérvia para acompanhar o Beckembauer de Cotia, Rodrigo Caio. E mais: agora temos sangue alemão com o novato Iago Justen Maidana, o Justiceiro (porque vai tirar espaço do Edson Silva, se São Paulo quiser!).

Sem falar na classe de João Schmidt, o Colosso, ou do vocabulário rebuscado de Lucão (deixou o cone de lado) nas entrevistas… Pena que isso também atrai os corvos, muitas vezes invocados por descendentes dos poderosos…



MaisRecentes

Brainstorm* de apelidos para o Mito treinador



Continue Lendo

Não tirem a educação física das escolas!



Continue Lendo

É o Clube da Fé: Vamos São Paulo, carajo!



Continue Lendo