O erro de chamar descida ao litoral de ‘clássico’



Caros tricolores, tricampeões mundiais, vamos parar de hipocrisia. Até quando insultaremos a grandeza do Soberano chamando jogo contra qualquer timinho de “clássico”? Os lambaris nem de São Paulo são! É clube de praia, daqueles que os vovôs e vovós frequentam para passar o tempo durante a aposentadoria.

Por anos, muitos cometeram esse equívoco de classificar qualquer duelo como clássico, achando por exemplo que a Portuguesa era grande e fazia frente ao São Paulo. Puro saudosismo, que nunca se justificou. Depois continuaram a se enganar com o Guarani da capital. Time simpático da Pompeia, agremiação de colônia italiana, aquela coisa bem familiar, não mete medo em ninguém…

Times que não passam de simpáticos. Lembro de um tio meu que não era muito fã de futebol. Ficou velhinho, mudou para Santos e passou a ter um segundo time.  O primeiro, claro, era o Jabaquara, clube que adotou até o fim da vida. O segundo ele ia assistir aos domingos, até porque de vez em quando o Tricolor ia para a Arena Havaianas. Papai ia junto e eles assistiam a um agradável jogo no domingo à tarde. Puro passatempo.

Mas passatempo mesmo é o que será o jogo desta quarta-feira. O São Paulo vai descer a serra para se divertir, como em um passeio de escola. Só vai ter que tomar cuidado com as moedas, principalmente o Ganso… Na última vez, deixaram todo o salário no campo. Dava uns R$ 2,25.

Vamos São Paulo! E não ousem chamar de clássico. Dói o ouvido escutar isso.



  • rcl

    tri eliminados pelo peixão no paulistinha!!!!!!!!!!!!!!!

    somos do litoral, mas não somos bambis!!!!!!!!!!!!!!

    kkkkkkk!!!!!!!!!!!!!! p cima DELAS SANTOOOOSSSS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    • rafael spfc

      quadradim de sant8s, kkkkkkkkkk

    • SOBERANO

      BARCELONA 12 X O SEREIAS.

  • Marcelo

    De fato não é clássico mesmo. Um time freguês que contrata nossos refugos, como é que merecem respeito? uahsuahsuhushauhsuahsa

    Acham que por ter um “elefante branco” como o Panetone, os tornam grandes. Se acham o Real Madri da América do Sul. Tadinhos… Pura ilusão!!!

    Tentem disfarçar a inveja menininhas. Vocês também tem tradição, são conhecidos internacionalmente e etc, mas jamais serão tão GRANDES e reconhecidos como o Santos FC… hahahahaha…

    E cuidado com a segundona, pois apenas TIMES GRANDES não caem…

    Santos FC – o maior time da Terra.

    • SOBERANO

      VC. TEM RAZÃO SEREIA, TIME GRANDE NÃO CAI, E TBM. NÃO VIAJA PARA A EUROPA, PARA DAR VEXAME, E ENVERGONHAR O PAÍS DO FUTEBOL, TOMANDO UMA SONORA GOLEADA DE 8 X 0 E SER CONVIDADO PÁRA DISPUTAR UMA PELADA COM UM PAÍS QUE NEM É CONHECIDO MUNDIALMENTE,
      PARA VER QUEM É O PIOR.
      PARABÉNS VIÚVAS DO PELÉ, PELO VEXAME MUNDIAL A QUE NOS ENVERGONHOU COMO O PAÍS DO FUTEBOL.
      ARENA HAVAIANAS, ISSO É ESTÁDIO PARA COMPORTAR UM BARCELONA, REAL MADRID, SÃO PAULO E OUTROS GRANDES CLUBES DO FUTEBOL MUNDIAL?

      • marcelo

        melhor perder de 8,pro barça,do que tomar de sete,do vasco,lembra? seu otário…praia de paulista é o rio tiete…kkkkkkkkkkkkk

      • Marcelo

        hahahaha… talvez você não acompanhou e excursão das menininhas né.

        Até de time japonês perderam… Tadinhas!!!

        Controle a inveja Bambi… rs

        • SOBERANO

          ETERNO 7 X 1 KKKKKKKKKKKKKK
          OS GAMBÁS ENFIARAM O NABO EM VC. E TBM. NA DESPEDIDA DO RAÍ, ENFIAMOS 7 NO RABO
          São Paulo e Santos se enfrentam neste domingo, no Morumbi, em busca de uma vaga na decisão do Paulista. As duas equipes já se encontraram 157 vezes no campeonato estadual. O Tricolor Paulista leva vantagem no confronto: são 69 vitórias, contra 47 do Peixe. O ‘É Gol na Memória’ relembra duas partidas entre as equipes.
          Em 1993, o ídolo da equipe da capital se despedia do clube. Contratado pelo Paris Saint Germain, Raí estava de saída para a capital francesa. A despedida do meia se transformou em um show particular: o jogador participou de todos os gols do Tricolor. No primeiro, Raí deu uma passe de letra para Palhinha abrir o marcador. Em seguida, o meia deu um toque de cabeça para Müller, que rolou para Cafú chutar forte. Ainda na primeira etapa, Raí cobrou falta na barreira. Na sobra, Pintado acertou um belo chute no ângulo: 3 a 0.
          No segundo tempo, o atacante Cuca diminuiu para o Santos. Mas o Tricolor não deixaria barato. Raí deu mais uma assistência para Palhinha, que marcou o quarto. No quinto, mais uma jogada da dupla. O meia serviu Palhinha novamente, que passou pelo goleiro santista antes de fazer um golaço. E para fechar a despedida com chave de ouro, Raí marcou o sexto. Fim de jogo: São Paulo 6 x 1 Santos.

          CHUPA OTÁRIO.

  • SAULO

    Não posso falar alguma coisa porque o meu SEGUNDO time é o Santos (antigamente era a PORTUGUESA).

MaisRecentes

Brainstorm* de apelidos para o Mito treinador



Continue Lendo

Não tirem a educação física das escolas!



Continue Lendo

É o Clube da Fé: Vamos São Paulo, carajo!



Continue Lendo