O erro de chamar descida ao litoral de ‘clássico’



Caros tricolores, tricampeões mundiais, vamos parar de hipocrisia. Até quando insultaremos a grandeza do Soberano chamando jogo contra qualquer timinho de “clássico”? Os lambaris nem de São Paulo são! É clube de praia, daqueles que os vovôs e vovós frequentam para passar o tempo durante a aposentadoria.

Por anos, muitos cometeram esse equívoco de classificar qualquer duelo como clássico, achando por exemplo que a Portuguesa era grande e fazia frente ao São Paulo. Puro saudosismo, que nunca se justificou. Depois continuaram a se enganar com o Guarani da capital. Time simpático da Pompeia, agremiação de colônia italiana, aquela coisa bem familiar, não mete medo em ninguém…

Times que não passam de simpáticos. Lembro de um tio meu que não era muito fã de futebol. Ficou velhinho, mudou para Santos e passou a ter um segundo time.  O primeiro, claro, era o Jabaquara, clube que adotou até o fim da vida. O segundo ele ia assistir aos domingos, até porque de vez em quando o Tricolor ia para a Arena Havaianas. Papai ia junto e eles assistiam a um agradável jogo no domingo à tarde. Puro passatempo.

Mas passatempo mesmo é o que será o jogo desta quarta-feira. O São Paulo vai descer a serra para se divertir, como em um passeio de escola. Só vai ter que tomar cuidado com as moedas, principalmente o Ganso… Na última vez, deixaram todo o salário no campo. Dava uns R$ 2,25.

Vamos São Paulo! E não ousem chamar de clássico. Dói o ouvido escutar isso.



MaisRecentes

Brainstorm* de apelidos para o Mito treinador



Continue Lendo

Não tirem a educação física das escolas!



Continue Lendo

É o Clube da Fé: Vamos São Paulo, carajo!



Continue Lendo