Um adeus Soberano



Caros tricolores, tricampeões mundiais, o ano termina, o mundo acaba, e o São Paulo é mais uma vez campeão. E não poderia ser diferente, já que o universo não poderia dar seu “adeus” sem antes presenciar mais uma conquista por parte do Soberano.

Mas admito a você são-paulino que estou triste. Triste pois 2013 seria definitivamente um ano muito glorioso. Último ano de Ceni, o título da Libertadores, a volta ao Japão, a ida ao Marrocos (já havia até
comprado casa lá) e a Recopa…

Ahhh, a Recopa. Assim que o árbitro apitou para o centro do gramado na final da Sul-Americana aposto que o companheiro Tião tremeu! E, vale lembrar, os Sem-Istádio terminarão sua pífia e medíocre história sem estádio realmente. Justiça foi feita. Obrigado aos maias por essa.

E o Guarani da capital? Justamente quando voltaria para o lugar de onde nunca deveria ter saído, ganhou essa “colher de chá” do fim do mundo pra não passar vexame no ano que vem. Porque com o timinho que (não) está montando, ia passar por Arapiraca e Chapecó de novo em 2014. Isso se os times dessas cidades não subissem e o Guarani ficasse!

Pois bem, está escrita a última coluna e o São Paulo encerra sua história como começou: campeão. Mas ainda aguardo, com esperança, notícias do Japão pra saber se o mundo acabou por lá primeiro. Porque se não acabou caros tricolores, façam suas malas pois a Terra do Sol Nascente e o Marrocos nos aguardam!

======================================================

Eles não vão voltar

Lucas
Saiu com o título da Sul-Americana e disse que no futuro gostaria de voltar. Uma pena…

Kaká
Já afirmou que, se retornasse ao Brasil, seria para o Tricolor. Mas não será possível.

Lugano
Torcida sempre o quis  de volta. Único ser capaz de parar (com falta) o fim do mundo.

Hernanes
Profeta. E só não profetizou o fim do mundo pois queria voltar ao São Paulo.

Mineiro
Mesmo aos 37 anos, o autor do gol do tri do Mundial, deixa bastante saudade.

======================================================

Bate-Bola
Lucas
Em entrevista exclusiva ao LANCE!

Caso o mundo acabe hoje, você acredita que concluiu suas metas?
Eu fiz muitas coisas já, mas eu sou muito jovem, 20 anos, tenho muitas coisas para conquistar, muita coisa para fazer ainda.

Nessa sua trajetória, qual foi o momento mais marcante?
O título da Sul-Americana, do jeito que foi. Um marco muito importante na minha carreira, momento que eu jamais vou esquecer.

Quais são os desejos que você gostaria de ter realizado?
Tenho muitos lugares para conhecer, muitos títulos para conquistar, uma Copa do Mundo, ser o melhor jogador do mundo, profissionalmente falando. São essas coisas que eu tenho vontade de fazer antes de o mundo acabar (risos). O mundo não pode acabar (risos).

Promessas com a carreira encurtada

Caso o mundo acabe hoje, os são-paulinos não poderão ver as promessas do clube. O meia Mirrai, o atacante Adelino e o zagueiro Diego são alguns dos nomes mais cotados para o elenco profissional, mas, por conta do apocalipse, não terão tal chance.

O meia Mirrai é o camisa 10 do Tricolor no sub-20. Habilidoso, tem muita visão de jogo, paciência para trabalhar a bola e passes precisos. Ele atuou ao lado de Ademilson, que está no profissional do Tricolor, e Lucas Piazon, do Chelsea (ING). O atleta de 18 anos disputaria a Copa São Paulo de Futebol Júnior.

O atacante Adelino chegou ao Tricolor em meados de setembro. O jovem de 18 anos foi contratado junto ao Guarani. Por conta das boas atuações no Bugre, o jogador, que atua pelos flancos, chamou atenção dos dirigentes são-paulinos. Adelino tem contrato até 2017. Outra promessa, o volante Eduardo, de 17 anos, também do Guarani, assinou contrato de empréstimo até o final de fevereiro.

Para a defesa, o principal nome é o do zagueiro Diego. O beque tem 19 anos, mede 1,84m e pesa 79kg e se destaca por conta do bom posicionamento e força na marcação.

======================================================

O último jogo
Campeão no intervalo!
O São Paulo vencia por 2 a 0, no Morumbi, quando o Tigre se recusou a voltar do intervalo após confusão com os seguranças do Tricolor, declarado campeão da Sul-Americana.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 2 X 0 TIGRE (ARG)

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data/Horário: 12/12/2012, às 21h50 (horário de Brasília)
Árbitro: Enrique Osses (CHI)
Assistentes: Francisco Mondría (CHI) e Carlos Astroza (CHI)
Público: 67.042
Renda: R$ 3.942.800
Cartões amarelos: Denílson e Rogério Ceni (São Paulo); Galmarini, Godoy e Díaz (Tigre)
Cartões vermelhos: Paulo Miranda (São Paulo); Díaz (Tigre)

Gols:
SÃO PAULO: Lucas (aos 22’/1ºT) e Osvaldo (aos 27’/1ºT)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Wellington, Denilson e Jadson; Lucas, Osvaldo e Willian José. Técnico: Ney Franco

TIGRE: Albil; Paparatto, Echeverría, Godoy e Orban; Galmarini, Díaz, Ferreira e Leone; Botta e Maggiolo. Técnico: Néstor Gorosito

======================================================

Como termina a história do Tricolor
vitórias: 2652
empates: 1312
derrotas: 1180

Gols pró: 9688
Gols contra: 5825

APROVEITAMENTO
61%

TÍTULOS
200

IDADE DO CLUBE
77  anos

MAIORES ARTILHEIROS
Serginho Chulapa
242 gols

Gino
233 gols

Teixeirinha
189 gols

QUEM MAIS ATUOU
Rogério Ceni, com 1.050 jogos

MAIOR ÍDOLO
Rogério  Ceni



MaisRecentes

Brainstorm* de apelidos para o Mito treinador



Continue Lendo

Não tirem a educação física das escolas!



Continue Lendo

É o Clube da Fé: Vamos São Paulo, carajo!



Continue Lendo