Não é tempo para comemorações



Santistas da nova e da velha geração. Chega a ser trágico “comemorar” alguma coisa na atual situação, ainda mais sobre Libertadores conquistada há três anos. Foram anos que a gente só viu o Peixão cair e perder até Campeonato Paulista pra time pior do que aquele da marginal.

Eu tô acostumado a viajar todo ano, conhecer os países da América, mas tá difícil tirar a mala do armário na situação que a gente vê, tive até que fazer greve que cês tão ligados e nem isso adiantou. Desse jeito meu passaporte vai ficar igual ao do PH Bueno, no fundo da gaveta. Copa do Brasil não precisa disso mesmo.

Pelo menos uma coisa continua funcionando: a Vila Showmiro! Já avisei o Oswaldia e o Comitê de Indigestão que a rapeize vai treinar pelo menos uma vez na semana por lá, pra ver se a lekada vai correr igual os caras da Costa Rica.

Se o Odilão deixasse eu cuidar do marketing, todo mundo ia saber que antes de ganhar da Itália os caras treinaram em solo sagrado, pelo menos isso é motivo de comemoração agora, pelo menos isso.



MaisRecentes

Sai pela porta da frente, GabiShow!



Continue Lendo

Vou contar o fim do filme pra vocês, lekada



Continue Lendo

Era melhor ter ficado no busão



Continue Lendo