Sapeco e chapéu nos fregueses



Santistas da nova e da velha geração, domingão é dia de abrir as portões da Vila Belmiro para receber nossa freguesia. Pegar os alegrinhos da Vila Sônia é certeza de felicidade, molecada! E cada vez de um jeito diferente: paradinha, ajoelhada do goleiro narigudo, dancinha, gol no finzinho, chororô, drible humilhante e expulsão…

O problema é que tô com medo de perder nossa freguesia. Não que eu ache que vamos deixar de sapecá-los, longe disso. É que, como diz a propaganda, tem que “servir bem, para servir sempre”, e o Peixão tá querendo sacanear os clientes com esse negócio do Gan$o.

Os caras tão achando que vão levar um baita meia, afinal, não é qualquer um que veste a 10 do Peixão. Mas, quando descobrirem que o Mae$tro é mais bixado que o Fabrício e o tal do Cañete juntos, vão perder a linha. Ou melhor, vão ficar histéricos, passados, rodando a baiana…Vão dar piti! HAHAHAH

Já pensou você pagar R$ 23 milhões por um produto com defeito ou por uma mercadoria que sempre te dá problema? É mais ou menos essa parada que vai rolar.

Por isso, vovô Laor, acho arriscado dar esse chapéu nos alegrinhos. Corremos o risco de perder nosso melhor freguês. Sem eles, quem vamos eliminar na semifinal do Paulistão do ano quem vem?

Para esse domingão, lekada, não devemos ter novidades, né? Mesmo com desfalques, vamos ter novo baile do Peixão. Com o goleiro idoso do outro lado, até na base do Muricybol a gente consegue ganhar. Vamos com calma, mas com a volta do Neymito, do Monstro Arouca e da rapaziada que tá machucada, ainda acredito na arrancada do Santástico rumo a Liberta de 2013.

Luis Fabixado? Vai ficar parado na esquina lá do Boqueirão…

Pra cima deles, Peixão!



MaisRecentes

Sai pela porta da frente, GabiShow!



Continue Lendo

Vou contar o fim do filme pra vocês, lekada



Continue Lendo

Era melhor ter ficado no busão



Continue Lendo