A festa do verdadeiro centenário



Santistas da nova e da velha geração, é ainda com lágrimas (de alegria) nos olhos que escrevo esse texto. Desde sexta à noite festejo os cem anos de glórias do clube, mas mesmo assim não consigo parar de me comover.

Temos um centenário a nossa altura. Conseguimos ser humildes e elegantes, simples e sofisticados, respeitosos e soberanos. Olhamos para o futuro sem esquecer o passado, exaltamos as glórias e os títulos de ontem, mas já cultivando os de amanhã. Isso é Santos. Está em nossa história, em nosso hino: “Um passado e presente só de glórias”.

O que vi nesse sábado na Vila Belmiro ficará para sempre em minha memória. Neymar fazendo guerra de bolo com as crianças, o respeito com que nossos heróis foram tratados, a beleza de nossa torcida…

Estava com medo, sabe? Nos últimos centenários que vi, tinha presidente manguaçado em cima de palco, time caindo pelas tabelas…Mas o Santástico, de fato, é diferente. Mais do que motivos para festejar os últimos cem anos, já nos empolgamos com a perspectiva para o próximo século. Ou alguém dúvida que somos um time predestinado a formar craques, montar esquadrões e levar o futebol-arte para os quatro cantos do planeta?

Fico pensando, o que o timeco da Marginal comemorou quando fez cem anos? As copinhas? Os carnavais? Sorte dos alegres e porcos que ainda tem alguns anos pra tentar, pelo menos, chegar perto da gente.

Festa de centenário qualquer um pode fazer, mas ter glórias como as nossas para comemorar é coisa para poucos. Ou melhor, para os escolhidos: nós, santistas!



MaisRecentes

Sai pela porta da frente, GabiShow!



Continue Lendo

Vou contar o fim do filme pra vocês, lekada



Continue Lendo

Era melhor ter ficado no busão



Continue Lendo