Entrevista exclusiva com Van der Prass



Caros palestrinos, campeões mundiais, io também entrevistei o Van der Prass, o atual melhor goleiro do mundo. Ele vem seguindo bem os mandamentos de São Marcos na meta palmeirense. Espero que non fique fora do jogo de hoje. Dio mio!!!!

Confiram o papo com dono da meta palestrina. Avanti!

Você aceita o apelido de Van der Prass?
– (risos). O que vem da torcida nós temos de aceitar, ainda mais quando é um carinho, de forma positiva. O Van Der Sar foi um baita goleiro. Não fico chateado de me chamarem assim, não (risos).

Como você se sente como o melhor goleiro do mundo?
– Pô, empatado com quantos? (risos). Legal saber que o pessoal gosta de mim. Eu tenho uma coisa para mim que tem de trabalhar no dia a dia. Você pode ser o melhor goleiro no domingo, e na quarta se você for mal, você vai ser o pior. É uma posição que deixa em uma linha muito tênue entre o sucesso e desgraça.

Já te agradeço pelos serviços prestados na melhor escola goleiros do mundo, no nostro Verdão.
– Obrigado. Fui o primeiro goleiro contratado depois de 18 anos, então sempre vi essa minha contratação de forma positiva. Se eu fosse para um clube que nunca formou goleiro…Pô, só tem goleiro ruim, então contrata o cara. Então estar num clube que tem tradição por formar grandes goleiros, estou credenciado para representar esse time.

Como vai ser para você jogar no Allianz Parque, um estádio sem isenção fiscal, enquanto o time da Marginal terá o Isentão?

– Isso é algo que a maneira que a Copa no Brasil foi conduzida fizeram com que algumas situações ficassem meio nebulosas. Eu tenho a maior honra e quero muito participar do centenário no ano que vem. A arena vai ficar maravilhosa, então vai ser um orgulho ainda maior por ser o centenário do clube.

São Marcos já te contou como era fácil deixar o Ajoelha Ceni no banco na Seleção?
– (Risos). Ele não tocou nesse assunto comigo.



MaisRecentes

Vamos falar umas verdades, Flalido!



Continue Lendo

Parabéns, Curintia!!!



Continue Lendo

Bem-vindo a um clube grande, Dracena!



Continue Lendo