O Marlon é nosso. Nem pensar em sair do Fluminense



Tricolores do Céu e da Terra, não quero nem pensar na possibilidade de perder Malon, o nosso ‘Guerreiro de Xerém’. O zagueiro chegou às divisões de base do Fluminense em 2009 e não pode nos deixar agora.

Quero ver o Marlon brilhando com a camisa 4 por muitos e muitos anos. Como seria lindo e me daria um orgulho imenso vê-lo conquistando a medalha de ouro pela Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos Rio de Janeiro-2016. Daqui 100 anos, quando fossem lembrar do título olímpico, estará escrito: Marlon, do Fluminense.

Roma, Fiorentina e outros clubes que já demonstraram interesse no futebol do Marlon. Ele é do Fluminense, pelo menos, até o fim de 2019. Antes disso, vão cuidar dos seus problemas.

Até a próxima, tricolores!



MaisRecentes

Me deixa sonhar com o penta!



Continue Lendo

22 anos depois: mesma emoção, mesmo desfecho!



Continue Lendo

Sempre bom voltar ao salão de festas!



Continue Lendo