Em 2013, não haverá limites para o Flu



Tricolores do Céu e da Terra, vai ser muito difícil esquecer 2012, ano que por sinal quase fiquei sem voz, de tanto gritar “É campeão!”.

Mas quem vive de passado é museu. Ou Bob Colina, Scarlet Breu e Nilton Severiano… Nós, tricolores, aguardamos ansiosamente a chegada de um novo ano, que promete ser de muitas e inéditas conquistas.

Já combinei com a Eleonora e estamos planejando, no primeiro semestre, algumas viagens aqui pela América do Sul. Vamos ver o Flu brilhar na Libertadores. Depois, brincaremos seriamente no Brasileiro e certamente venceremos. Mas a viagem dos sonhos será a do fim do ano, quando iremos ao Marrocos para levantarmos juntos – eu, Dom Fredón & Cia. – o Mundial de Clubes.

Não quero aqui ficar tripudiando em cima da mediocridade dos rivais. Estou benevolente e sempre fui caridoso com os pobres. Por isso mesmo presenteei os amigos com TV’s novinhas. Eles vão adorar ver as conquistas do rolo-compressor tricolor no conforto dos seus lares. Aproveitem, mas não chorem!

Ahhh!! Quase ia esquecendo. Além das taças, aguardamos também a volta do Conca. Este foi o meu pedido para o Papai Celsão!



MaisRecentes

‘Flu-Europa? Meu projeto é Flu-América!’



Continue Lendo

Me deixa sonhar com o penta!



Continue Lendo

22 anos depois: mesma emoção, mesmo desfecho!



Continue Lendo