Ê, saudade, que bate no meu coração!



Arerê galera do Mengão!

Como dizia aquele axé: “Ê, saudade, que bate no meu coração”. É exatamente esse o sentimento que estou de ver a nossa casa toda bonitinha, reformada, moderníssima e não poder “morar” nela. O Maracanã, mesmo de roupa nova é o nosso Maracanã, nossa casa, nosso estádio. Ê saudade de voltar a pisar no Maior do Mundo para ver o mais o Mais Querido de pertinho, sentindo o calor da Nação Rubro-Negra.

Esse lance de ficar viajando toda a semana para ver o Mengão está complicado demais, mas apaixonada do jeito que sou, não consigo deixar os meus meninos de lado. Tenho que estar bem de pertinho para caso aconteça alguma coisa. Mesmo gastando uma grana eu não arredo o pé. Esse mês já até deixei reservado uma vaguinha pra mim em Brasília, pois sei que vão ficar por lá um tempinho.

Ê, saudade daquele Maraca lotado, templo maior do nosso Galinho. Já faz tanto tempo que o Mais Querido não joga lá, que nem sei quando foi a última vez. Não vejo a hora de voltar para casa novamente e gritar um gol do Mengão. Ê, saudade!



MaisRecentes

Vou secar um pouquinho!



Continue Lendo

Não temos mais rivais no Rio: #mearrebata



Continue Lendo

Com todo o respeito, é bom rezar, papa Francisco!



Continue Lendo