Quero títulos, Noel!



Arerê, Papai Noel do Mengão! Neste Natal já coloquei meu velho meião do Zico na janela e só quero pedir uma coisinha: taça! Poxa, não estou acostumada a ficar mais de um ano sem uma conquista, já estou agoniada.

Bom Velhinho, sei que o senhor é generoso, tanto é que fez das Flores campeãs duas vezes este ano, mas agora já chega de caridade com os nanicos. Tivemos um ano bem complicado e agora é a nossa hora de irmos à forra. Se possível, Noelzinho, até mais de um troféu.

Sei que o senhor deve receber um monte de pedidos nesta época, mas olhe com carinho para este cafofo humilde. Faça uma mulher que respira Flamengo 24 horas por dia feliz. Não estou pedindo este ou aquele jogador. Quero um time vencedor, será que é pedir muito?

Meus pimpolhos, como Adryan e Mattheus, me confessaram outro dia que acreditam na sua existência. Não os decepcione, por favor!

Outro pedido, papaizinho querido. Não deixe o nosso parquinho desamparado. A Paty já não vai estar mais lá, eu sei, mas nossas criancinhas merecem ser felizes nos balanços da Gávea. E por falar na nossa querida sede, a proteja, não a deixe desprotegida, vulnerável a incêndios e a irmãos aproveitadores de jogadores mercenários.

Sei que a minha cartinha já está chegando perto do fim, mas não poderia passar em branco um apelo para o meu Didico. Dê juízo a este menino, Noel, serenidade para que o Adriano possa retomar a carreira vitoriosa que sempre teve. Tenho o sonho de vê-lo novamente vestindo o nosso manto, mas este é um desejo que não é para agora.

Bom, Papai Noel, acho que não fui exagerada nos meus pedidos para este ano. Quero apenas o simples: motivos para ser feliz. Fui!!!

 



MaisRecentes

Vou secar um pouquinho!



Continue Lendo

Não temos mais rivais no Rio: #mearrebata



Continue Lendo

Com todo o respeito, é bom rezar, papa Francisco!



Continue Lendo