Jogo neste sábado é contra o Milan



Corintianos apostólicos romanos, o barato é o seguinte: o Coringão neste sábado tem um dos maiores desafios da história. O jogo é pela final do Mundial de Clubes de novo. Detonamo o Chelsea e hoje vai ser contra o Milan, lá em Yokohama Esteidium de Itaquera. É isso mesmo… o Milan, aquele da Itália, manja aquele vermelho e preto? Os caras tem um p… time, cheio de jogador importante das Zeuropa e tal. Tem que jogar com pegada, disputar cada lance, raça total os 90 minutos, concentração, boleirada! Se não jogar assim contra esse time Rubro-Negro não ganhará nunca!

Fiel, tomara que os jogadores não leiam isso aqui em letra menor. Tô só enganando os caras, é pra eles acharem que o jogo não é contra o Sport, e sim, contra o Milan. Se eles souberem que é contra um timeco nem vão jogar bem. Mas falando que é jogão, a chance da boleirada jogar bem é maior kkkkkkkkkkkkkk



  • RODRIGO

    aviões da Fiel acusa de plágio a torcida corintiana gay Gaivotas Fiéis
    Advogado alega que versão gay não teve autorização para imitar símbolos.
    Polícia investiga denúncia de crime contra marca; criador nega ter copiado.

    Kleber Tomaz Do G1 São Paulo
    2055 comentários
    Símbolo da Gaivotas Fiéis (à esquerda) e da Gaviões da Fiel (à direita): maior torcida do Corinthians acusa a versão gay de plágio (Foto: Reprodução)Símbolo da Gaviões da Fiel (à esquerda) e da Gaivotas Fiéis (à direita): maior torcida do Corinthians acusa a versão gay de plágio (Fotos: Divulgação)

    A Gaviões da Fiel, maior torcida organizada do Corinthians (com 98 mil associados), acusa de plágio a Gaivotas Fiéis, torcida gay do clube de futebol criada há dois meses. A Polícia Civil de São Paulo apura a denúncia e investiga se o responsável pela Gaivotas cometeu crime contra registro de marca ao imitar o nome e os símbolos da Gaviões sem autorização. Ao G1, o criador da Gaivotas, o jornalista e apresentador Felipeh Campos, de 39 anos, que é gay assumido e se declara corintiano ‘roxo ou cor-de-rosa’, negou ter plagiado a Gaviões.
    saiba mais

    Polícia chama Sheik e Camisa 12 após polêmica sobre foto com selinho
    Membro do Teatro Mágico posta foto em apoio ao beijo de Emerson Sheik
    Amigo diz que brincadeira com Sheik é um recado contra o preconceito

    Além de fazer alusão ao nome Gaviões da Fiel, a Gaivotas Fiéis tem outros símbolos que remetem à torcida mais famosa. Na nova versão, há uma gaivota no lugar de um gavião segurando o emblema do Corinthians. Os remos dão lugar a pincéis de maquiagem e a âncora é um suporte para espelho. Dentro dele aparece a bandeira do estado de São Paulo, mas com as cores do arco-íris, numa menção ao grupo LGBT (sigla para Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros).

    “Ingressamos com uma petição hoje requerendo instauração de inquérito policial porque entendemos que esse cidadão que criou a Gaivotas Fiéis incorre em crime ao induzir a população a confusão com a marca Gaviões da Fiel”, disse nesta quarta-feira (23) um dos advogados da Gaviões, Ricardo Cabral.
    Não temos nada contra ele abrir uma torcida gay do Corinthians. O que a gente não quer é que ele use de plágio com o nome da instituição Gaviões, que tem 44 anos de existência, para confundir o consumidor”
    Ricardo Cabral,
    advogado da Gaviões da Fiel

    “Ele está imitando a nossa marca de modo indevido. Imita a Gaviões tanto no nome quanto no logotipo, dando a entender que Gaivotas Fiéis podem ser extensão da própria Gaviões da Fiel, o que não é verdade”, explicou Cabral.

    Segundo ele, a Gaviões não está contra a comunidade gay, apenas não concorda com o uso de sua marca sem autorização. “Não temos nada contra ele abrir uma torcida gay do Corinthians. O que a gente não quer é que ele use de plágio com o nome da instituição Gaviões, que tem 44 anos de existência, para confundir o consumidor”, argumentou o advogado. “Espero que quem criou essa torcida, não use mais o nome Gaivotas da Fiel e nem os nossos símbolos copiados”.

    Questionado se a Gaviões pretende criar uma versão gay da sua torcida, Cabral foi enfático. “A Gaviões não tem intenção em fazer torcida gay. Não somos contra e nem a favor”.

    De acordo com o delegado Fulvio Mecca, assistente do 1º Distrito Policial de Guarulhos, na Grande São Paulo, que recebeu a denúncia do departamento jurídico da Gaviões, ela será investigada.

    Polícia
    “A polícia investiga a denúncia de plágio da marca Gaviões da Fiel. A acusação é que estão usando indevidamente e sem autorização os símbolos da Gaviões e do próprio Corinthians”, disse o delegado Fulvio Mecca ao G1. “O plágio, nesse caso, se caracteriza por usar marca sem autorização ou imitar e induzir a confusão. A reclamação da Gaviões é em relação a essas cópias”, afirmou.

    Segundo Mecca, o próximo passo da investigação será o de chamar a Gaviões e a Gaivotas para serem ouvidas. De acordo com a petição encaminhada pelos advogados da Gaviões ao 1º DP, a Gaivotas cometeu crime contra a propriedade industrial, pelo o artigo 189, inciso 1º, segunda parte, da Lei nº 9.279/1996, dos Crimes Contra Marcas.

    Segundo a resolução, comete crime quem imita a marca “de modo que possa induzir confusão”. Se for considerado culpado, o autor pode ser condenado pela Justiça a pena de detenção de um a três meses ou multa.

    No documento, a Gaviões alega que tem 44 anos de história e a sua marca está registrada no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi) e que “foi surpreendida com a criação de uma marca a qual se assemelha muito com a sua”.

    “Dessa forma, a denominação ‘Gaivotas Fiéis’ aliado ao seu logotipo são extremamente assemelhados com os de nossa agremiação, fazendo alusão e incorrendo em manifesta confusão com relação a marca ‘Gaviões da Fiel’, de modo que incorre em crime, uma vez que manifesta similitude fonética e visual entre as marcas da mesma categoria (Torcida Organizada do Sport Clube Corinthians Paulista, suficiente para gerar confusão induzindo o consumidor em erro, explorando indevidamente o prestígio de marca alheia, fazendo parecer que a mesma seria uma extensão da Agremiação Gaviões da Fiel Torcida”, diz trecho do pedido feito pelos advogados Ricardo Cabral e Davi Gebara Neto.

    Gaivotas Fiéis
    Ao G1, Felipeh Campos, criador da Gaivotas Fiéis, negou ter plagiado a Gaviões da Fiel. “Em primeiro lugar: o distintivo do Corinthians não é da Gaviões. Não é de torcida nenhuma. Eu posso usar o distintivo da forma que quiser. Eu não estou copiando nada. Não é um gavião é uma gaivota”, afirma Campos.

    “Eles querem meu pincel emprestado? Eu empresto”, disse, ele que chegou a dar entrevistas à imprensa neste mês sobre a criação da torcida. “Não foi um plágio. O jurídico da Gaviões devia tomar cuidado com agressões nos estádios. Se eles querem me processar por uma coisa pequena, eu acho hipocrisia. Consultei um advogado, a torcida que criei tem até estatuto”, disse.
    Antes de ser gay, sou homem. Se eles quiserem dar porrada eu vou descer o cacete. Não estou incitando a agressão”
    Felipeh Campos,
    criador da Gaivotas Fiéis

    “Eu não estou fazendo isso para incitar nenhuma torcida. Quero inserir os gays nos estádios de futebol. Um dia quiseram bater em um colega gay meu, que é jornalista, e estava trabalhando na cobertura de um jogo. O conceito da Gaivotas Fiéis é gay, mas não será uma torcida preconceituosa ao ponto de vetar mulher, heterossexual e criança.”

    “Alguém precisa levantar a bandeira. Se eu morrer, eu morro feliz. Não tenho medo. Se eles quiserem vir para cima eles que venham. Antes de ser gay, sou homem. Se eles quiserem dar porrada eu vou descer o cacete. Não estou incitando a agressão”, disse Felipeh, que não esta frequentado estádios por conta das ameaças que vem recebendo pela internet.

    Na web, alguns corintianos estão ameaçando o criador da Gaivotas por conta da comparação que estão fazendo com a Gaviões. Também foram criadas páginas nas redes sociais com o nome ‘Gaivotas Fiéis’ e “Gaivotas DA FIEL’. “Nenhuma delas é oficial. A oficial ainda será criada”, disse Felipeh, que pretende confeccionar camisas oficiais da torcida gay. “Mais de 500 mil pessoas querem se associar a Gaivotas”.

    “Se alguém não der o primeiro passo… Quem disse que gay não pode ir a estádios de futebol, não pode torcer e participar do futebol brasileiro?”, indagou Felipeh.
    Sheik (Foto: Rede Globo)Emerson Sheik (Foto: Reprodução/Rede Globo)

    Memória
    Não é a primeira vez que uma torcida do Corinthians se envolve com o tema homossexualidade. Em agosto deste ano, a Polícia Civil informou que chamaria o jogador Emerson Sheik e a Camisa 12, respectivamente jogador de futebol e torcida organizada do clube, para falarem sobre a polêmica envolvendo a publicação da foto do atleta nas redes sociais dando um selinho em um amigo.

    A Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) queria saber do atacante se ele deseja fazer uma representação contra alguns torcedores que o teriam ameaçado depois do beijo que deu em Isaac Azar, dono do restaurante Paris 6, nos Jardins.

    A Decradi investigava cinco integrantes da Camisa 12 por suspeitas de ameaça contra Sheik e homofobia contra a presença de gays no time. Além da ameaça, os investigados também poderiam responder por injúria, que necessitaria de uma queixa-crime por alguém que tenham se sentido ofendido pelos comentários homofóbicos dos torcedores.

    O G1 não conseguiu localizar o atacante ou os representantes da organizada para comentarem o assunto. O atacante corintiano, que se declara heterossexual, se tornou alvo de protestos de um grupo ligado à torcida organizada na segunda-feira (19) ao postar no dia anterior no seu perfil, no Instagram, uma imagem dele beijando o amigo

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    TORCIDA QUEIMA ROSCA

  • RODRIGO

    Símbolo das Gaivotas Fiéis tem bandeira LGBT e maquiagem; veja
    Logo tem referências ao movimento LGBT
    Foto: Divulgação

    Foi divulgado na tarde desta segunda-feira o símbolo das Gaivotas Fiéis, torcida organizada gay do Corinthians. Criada pelo jornalista e apresentador de televisão Felipeh Campos, a torcida será representada por uma adaptação do escudo do clube paulista, contando com a bandeira LGBT e apetrechos de maquiagem.
    Saiba Mais
    Foto: Bruno Santos / Terra

    “Se alguém não gostar vem pra cima, mano, diz criador das Gaivotas da Fiel

    O símbolo divulgado coloca a gaivota acima do escudo do Corinthians, uma referência direta à principal organizada do clube, Gaviões da Fiel. Há menção ao mundo LGBT (sigla para Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros) nas cores do arco-íris presentes na bandeira do Estado de São Paulo. Os remos dão lugar a apetrechos de maquiagem, enquanto que a âncora vira um suporte para espelho.

    Em entrevista ao Terra na última sexta-feira, Felipeh afirmou que o nome da organizada gay corintiana poderá ser discutido pelos futuros associados e que os membros não se vestirão de rosa para ir ao estádio. A expectativa é de ter, inicialmente, 500 mil associados.

    500 MIL GAYVOTAS KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    TIME DE GAYS

    TORCIDA QUE DA O CÚ KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    SMALL DAS GAY
    TIME DE BOSTA E TORCIDA QUE DA A BUNDA

  • RODRIGO

    888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888
    BRASILEIROS
    33333333333333333333333333333333333333333333333333333333333333333333333333333333333
    LIBERTADORES
    2222222222222222222222222222222222222222222222222222222222222222222222222222222222222MUNDIAIS
    00000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000
    SEGUNDONA
    MAIS DE 12 MIL GOLS
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    SMALL DAS GAYVOTAS A TORCIDA QUE DA O CÚ KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    OS BABACAS ACHAM QUE ZUAM ALGUÉM KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • RODRIGO

    BI
    TRI
    OCTA

    CHUPA GAYVOTA KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    TORCIDA QUE DA O CÚ

  • RODRIGO

    http://WWW.GAYVOTASFIEIS.COM.BR KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • RODRIGO

    BEM QUE EU JÁ DESCONFIAVA, NO FUNDO, EU SABIA QUE ALGO ESTAVA ERRADO. FONTES QUE NÃO QUEREM SER IDENTIFICADAS, VIRAM O SR. ANDRES SANCHES CHEGANDO AO ESTÁDIO INTERNACIONAL DE YOKOHOMA NO JAPÃO COM DUAS MALAS PRETAS. A PERGUNTA DO TORCEDOR É:

    POR QUÊ O SR. ANDRE SANCHES CHEGOU 1 HORA ANTES DO JOGO CARREGANDO DUAS MALAS PRETAS.
    POR QUÊ LEVARIA UMA MALA P/ DENTRO DO ESTÁDIO?
    O QUÊ TINHA DENTRO DAQUELA MALA?
    O QUÊ ELE IA FAZER COM O QUÊ TINHA DENTRO DESTA MALA?
    POR QUÊ OS DIRETORES DO CHELSEA FORAM VISTOS APOS A PARTIDA COM ESSAS MESMAS DUAS MALAS?
    DIFÍCIL RESPONDER NÉ! TALVEZ TENHA ALGUMA COISA A VER COM A “GARANTIA” QUE ELE (ANDRES SANCHES) DEU DIZENDO QUE GANHARIA O PRIMEIRO MUNDIAL DA HISTÓRIA DO cúr11nt23âs, DE QUALQUER JEITO!
    COISAS DE CARTOLAS, E POLÍTICOS, MADE IN cúr11nt23âs! KKKKKKKKKKKKKKKKKKK.

    COMO DIZ MARCOS BOIOLA OU MARQUITA BOQUETE OU GARGANTA PROFUNDA OU ENGONÇO, ANDRES SANCHES PARA DEPUTADO FEDERAL JÁ!!! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    NUNCA GANHARAM NADA,ROUBARAM ALGUNS KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    SMALL DAS GAYVOTAS

  • RODRIGO

    Elias, do Corinthians, promete agir judicialmente contra boatos homossexuais na Seleção Brasileira
    O volante afirmou que pretende ir até o final contra os autores dos boatos homossexuais envolvendo o nome dele e do lateral direito Maicon
    Publicado em 08/09/2014
    por Agência Estado

    São Paulo, SP, 08 – O volante Elias prometeu que vai agir judicialmente em relação aos boatos divulgados nas redes sociais, nesta segunda-feira, de que teria uma relação homossexual com o lateral-direito Maicon, cortado da delegação que está nos Estados Unidos por indisciplina – ele se apresentou com 11 horas de atraso depois da folga do último sábado.
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    VAI TOMA NO CÚ ESSA GAYVOTAS ESTÃO CONTAMINANDO NOSSA SELEÇÃO KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    ELIAS ESTA NAMORANDO O MAICOM KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    QUE PORRA É ESSA KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    PELO AMOR DE DEUS DUNGA NUNCA MAIS LEVA NINGUÉM DO SMALL,VAMOS ARRANHAR NOSSA IMAGEM….OS DOIS NEGÃO NO MOTEL KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • RODRIGO

    BI CAMPEÃO DO MUNDO BATENDO EM GIGANTES EUROPEUS,NÃO É EMPATANDO COM O VASCO KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    BI MUNDIAL COM 7 NA SELEÇÃO TAMBÉM CAMPEÃ DO MUNDO NO MESMO ANO
    CHUPA GAYVOTAIADA

  • RODRIGO

    Criador da primeira torcida organizada gay do Corinthians, o jornalista e apresentador de televisão Felipeh Campos divulgou, na tarde desta quinta-feira, o piloto do uniforme que os membros usarão nas arquibancadas dos estádios. A camiseta terá o logo da torcida no peito e contará também com versão no modelo polo.

    O logo, que mescla elementos de maquiagem (a âncora e os remos são substuídos por utensílios de maquiagem e suporte de espelho, por exemplo), foi criado pela agência publicitária Byguedex. Já o uniforme é de autoria do estilista Lino Verdigueiro. Em entrevista ao Terra, Campos havia negado que sua torcida usaria roupas rosas. A cartela de cores divulgadas é branca, preta e roxa.

    De acordo com o fundador das Gaivotas Fiéis, há modelos femininos e masculinos em todos os tamanhos de PP ao GG, baby looks e tshirs.

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    ETA TORCIDA GRANDE DA PORRA KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    ANÃOZINHO GAY DE SÃO PAULO

    VERGONHA É UMA TORCIDA QUE QUEIMA ROSCA…DUVIDA??????????WWW.GAYVOTASFIEIS.COM.BR KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • RODRIGO

    O Estádio da Luz, em Lisboa, estava lotado. Os portugueses, animados com a dureza que o Benfica impuzera ao Santos no Brasil, tinham a certeza de que haveria uma terceira partida, tanto é que até os ingressos já estavam prontos. Eles estavam muito confiantes. Porém, esqueceram de avisar aquela torcida que do outro lado estava o Santos. “O” Santos de Pelé, Coutinho, Pepe e companhia. E que o esquadrão brancaleone faria naquela partida uma das maiores exibições de um time de futebol na história. O peixe jogou muito, mas muito, e não deu chances ao rival em nenhum momento. Pelé fez logo dois aos 15´ e aos 25´. Coutinho fez o terceiro, Pelé fez o quarto e Pepe fechou o caixão: 5 a 0. O Benfica ainda fez dois gols, para não ficar tão feio, no final do jogo, mas era tarde: Santos 5×2 Benfica. O time brasileiro conquistava pela primeira vez em sua história o título de campeão mundial de futebol. Era a consagração que aqueles brilhantes jogadores precisavam. E o ápice para o mundo conhecer de vez o time de Pelé e Cia.

    CHUPA GAYVOTA BABACA…..CAMPEÃO DO MUNDO É ISSO VAI NA EUROPA E ENFIA 5,AS GAYVOTAS EMPATAM NO BRASIL COM O VASCO KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • RODRIGO

    “O maior dos esquadrões”

    “Bola com Mauro, ele toca para Zito, que faz a finta, deixa com Calvet, rola pra Mengálvio, passa por um, olha para o canto, aparece Coutinho que recebe, finta um, dois, deixa com Pepe, driblou o zagueiro, driblou mais um, passou pra Pelé, chapelou um, chapelou dois, fuzilou! Goooool! Golaço do Santos!” A narração fictícia que você acabou de ler foi apenas um exemplo de como era um gol comum do Santos da década de 60. O time brasileiro foi o maior esquadrão das Américas (ou do mundo?) no século XX e encantou plateias na Vila Belmiro, no Pacaembu, no Maracanã, no San Siro, no Estádio da Luz ou até na África. O que o Santos ganhou e fez durante 10 anos nenhum outro clube conseguiu até hoje no Brasil: vencer 23 títulos, marcar uma enxurrada de gols, se exibir por todos os cantos do mundo, parar até guerras, golear sem dó qualquer adversário e ter Pelé. Ah, Pelé… O rei jogou absurdamente muito por mais de uma década, fez o Santos ser conhecido por todos e virou o maior jogador do século. O Imortais do Futebol homenageia o grande Santos, parabenizando o clube praiano pelo seu aniversário de 100 anos. E a melhor homenagem é relembrar aquela equipe dos sonhos. Mas que foi mais do que real.

    23 TITULOS EM 10 ANOS RECORDE DO BRASIL KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    ENQUANTO ISSO NA GAIOLA DAS LOUCAS 11 ANOS SEM VENCER O SANTOS E 23 SEM PAULISTAS
    SMALL DAS GAYVOTAS

  • RODRIGO

    GAYVOTA WAGNA OU WAGNINHA, ENQUANTO TU ESCREVIAS ESSE LIVRO AÍ ACIMA, O JUIZ cúr11nt23ânus LUIZ FLÁVIO DE OLIVEIRA SACAVA O DINHEIRO DO PAGAMENTO DEPOSITADO PELO TEU TIME.
    COMO DIZ O OUTRO JUIZ LADRÃO ARNALDO CESAR COELHO, A REGRA É CLARA cúr11nt23âs E APITO AMIGO CASAMENTO PERFEITO.
    HAJA ROUBALHEIRA E MARACUTAIAS!!!

    MESMO COM APITO AMIGO O SMALL É O MAIS FRAQUINHO DE TITULOS EM SÃO PAULO KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • RODRIGO

    Oposição pedirá que ODEBRECHT justifique todas as despesas da construção do “Fielzão”

    Sob supervisão do ex-presidente do Corinthians, Andres Sanches, com anuência, ou omissão, do atual mandatário, delegado Mario Gobbi, a Odebrecht diz ter gasto, até o momento, entre material de construção, mão de obra, e juros de adiantamentos bancários, R$ 1,5 bilhão para erguer o “Fielzão”.

    Porém, apesar de promessa em reunião do Conselho, a construtora não apresentou o extrato detalhado das despesas.

    Razão pela qual, em conversas reservadas, e até publicamente, através de Roque Citadini, em seu blog, a oposição do Corinthians defende a ideia de que o clube investigue minuciosamente os gastos da construção, evitando, assim, pagar valores maiores do que os praticados no mercado.

    O famoso “superfaturamento”.

    Em caso de comprovação de possível equívoco, será solicitado revisão do contrato, adequando os valores a realidade, ou, mais grave, se constatada fraude, a construtora e seus parceiros terão que responder judicialmente pelos deslizes.

    Há quem avalie – gente do mercado – que, apesar de suntuoso, o estádio alvinegro não comporta o montante de despesas oficialmente anunciadas.

    PS|: para que isso, não vão pagar nada mesmo, tanto faz…1 bi,…2 bi
    o calote já está decretado, e a empreiteira ganhara obras e mais obras
    para recuperar o fundo perdido, e o povo é que vai arcar com esse
    desperdício que foi injetado no galinheirão.

    VIRARAM GAYS,MAS CONTINUAM LADRÃES KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    DESGRAÇA POUCA É BOBAGEM NO SMALL…………………..

  • RODRIGO

    O ano de 1969 foi histórico para o Santos. Não por conta de títulos, pois o clube venceu apenas o Campeonato Paulista, completando mais um tricampeonato, o segundo da década. O ano foi histórico porque em uma de suas excursões pelo mundo, o time de Pelé foi capaz de parar duas guerras. Isso mesmo! Em uma visita à África, o time brasileiro provocou o cessar fogo na Guerra do Congo Belga entre as forças Kinshasa e Brazzaville, para que as cidades pudessem assistir aos jogos do peixe. Outro conflito paralisado por conta do Santos foi a Guerra de Biafra, na Nigéria. Porém, logo após as partidas, os conflitos recomeçaram… Mesmo assim, o fato foi marcante e estampou as páginas dos mais importantes jornais do planeta, além de inspirar a torcida do Santos a citar o fato em uma de suas cantorias sobre aquele timaço:

    “O meu Santos é sensacional

    Só o Santos parou a guerra

    Com Rei Pelé, bi Mundial

    O maior time da Terra”

    O MEU TIME PAROU 2 GUERRAS KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    CHUPA GAYVOTAIADA……..SANTOS GIGANTE…….VCS SEMPRE O SMALL DAS GAYVOTAS KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • RODRIGO

    Bi Mundial do Santos em 1963 foi sobre um Milan histórico
    Por: Leonardo de Escudeiro
    16 de novembro de 2013 às 10:27 0
    Milan foi a primeira equipe italiana a vencer a Copa dos Campeões
    Há exatos cinquenta anos, o Santos conquistava o bimundial, contra o Milan, jogando no Maracanã. Derrotado na ida, em Milão, por 4 a 2, o Alvinegro Praiano conseguiu igualar o placar na volta, em partida que perdia por 2 a 0 no intervalo, e forçou um terceiro jogo, vencido pelos brasileiros por 1 a 0. A história daquela equipe multicampeã, de Pelé, Pepe e Coutinho, já é muito conhecida. Mas quem era aquele Milan? Qual foi o caminho percorrido pelo time italiano para chegar até àquela decisão? A geração derrotada pelo Santos teve muita importância na história dos Rossoneri, e o momento que vivia o clube italiano à época torna a conquista do Peixe ainda mais relevante.

    Nas décadas de 1950 e 1960, o Milan não estava entre as principais forças do futebol italiano, mas já começava a ganhar seu espaço. Os principais esquadrões da época no país eram o da Internazionale e o da Juventus. Campeão nacional em 1901, 1906 e 1907, os Rossoneri haviam passado quase cinquenta anos sem o título, voltaram a conquistá-lo em 1951 e, posteriormente, com uma geração consagrada, levantou a taça três vezes em um espaço de quatro anos (1954/55, 1956/57 e 1958/59).

    Mazzola e Amarildo, brasileiros campeões pelo Milan
    Mazzola e Amarildo, brasileiros campeões pelo Milan

    No time que enfrentou o Santos em 1963, havia três remanescentes dessas três últimas conquistas: Cesare Maldini, Mario Trebbi e José Altafini, conhecido aqui no Brasil como Mazzola. O ítalo-brasileiro era um dos principais jogadores do Milan na época. Na conquista do título europeu que deu ao Rossonero o direito de disputar o Mundial Interclubes, Mazzola foi o artilheiro com 14 gols, maior número de tentos que um jogador conseguiu em uma só edição do torneio e repetido apenas por Lionel Messi, em 2011/12.

    Criada em 1955/56, a Copa dos Campeões teve seu início de história com supremacia do Real Madrid, que conquistou nas cinco primeiras temporadas mais da metade de seus atuais nove títulos. Em 1961, o Benfica quebrou a hegemonia madridista, levou o bicampeonato em 1962 já com a ajuda de Eusébio e ensaiava ser a nova grande potência europeia. No entanto, o clube português viu seus planos de tricampeonato serem frustrados em 1963 pelo Milan, que tornou-se, assim, a primeira equipe italiana a vencer o torneio.

    A conquista dos Rossoneri alavancou o time, ainda mais por ter sido sobre o Benfica, que era o time a ser batido na época. O título, no entanto, despertou também o interesse de Juve e Inter na competição, pois se o Milan, que estava um patamar abaixo, havia conquistado, era “obrigação” deles também conseguir. Campeão nas duas temporadas seguintes, o rival de Milão conseguiu seu objetivo, enquanto o clube de Turim teve que esperar mais de duas décadas antes de seu primeiro título, que veio em 1985.

    A trajetória do Milan em sua conquista inédita da Europa

    Time do Milan em Wembley, no dia da conquista sobre o Benfica
    Time do Milan em Wembley, no dia da conquista sobre o Benfica

    A fórmula de disputa do torneio europeu naquela época era muito diferente. Contando inicialmente com 28 equipes, a competição tinha apenas jogos de mata-mata. As 28 equipes se enfrentavam em jogos de ida e volta nas preliminares, e os 14 vencedores avançavam para a primeira fase, adicionando-se a esse estágio mais duas equipes, que, nesta temporada, foram o atual campeão Benfica e o Reims.

    Na fase preliminar, o Milan não tomou conhecimento do Union Luxembourg e passou com um placar agregado de 14 a 0, do qual Mazzola foi responsável por oito gols. O adversário seguinte dos Rossoneri foi o inglês Ipswich Town. Na ida, vitória tranquila por 3 a 0, em Milão. Jogando na Inglaterra, a equipe italiana foi derrotada por 2 a 1, mas avançou para as quartas-de-final. Contra os britânicos, Dino Sani foi o único brasileiro a conseguir balançar a rede, no jogo realizado na Itália.

    Pôster da revista France Football para o título do Milan
    Pôster da revista France Football para o título do Milan

    Na luta por uma vaga na semifinal, Mazzola voltou a mostrar seu poder ofensivo já no primeiro jogo. Na Turquia, contra o Galatasaray, o Milan venceu por 3 a 1, com um dos gols sendo anotado pelo jogador, campeão mundial pelo Brasil em 1958 e jogador da Itália na Copa de 1962, que tornaria a marcar mais três na volta, em Milão, vencida por 5 a 0.

    Já nas semifinais, o Milan enfrentou o Dundee, da Escócia, que tinha feito 6 a 2 sobre o Anderlecht no agregado na fase anterior. O jogo de ida, em Milão, foi decisivo para o time italiano, que definiu a parada contra os escoceses com um 5 a 0, que teve gols de Dino Sani, dois de Barison e dois de Mora. Na volta, o Milan não teve sua classificação nem um pouco ameaçada e, mesmo com a derrota por 1 a 0, estava na decisão.

    O adversário não poderia ser mais duro: o Benfica, de Eusébio. O peso do duelo, realizado em Wembley, serviu apenas para credenciar ainda mais o título como uma grande conquista. O primeiro tempo parecia encaminhar o clube português para sua terceira taça consecutiva, com Eusébio abrindo o placar aos 19 minutos. No segundo tempo, assim como em quase toda a competição, Mazzola foi decisivo e marcou os dois gols da virada, aos 13 e aos 24 minutos.

    Gols de Milan 2 x 1 Benfica

    Duelos com o Santos pelo Mundial

    O Mundial Interclubes era decidido em jogos de ida e volta, e o Milan jogou a primeira em casa. No San Siro, os Rossoneri não tardaram a abrir o placar. Giovanni Trapattoni (esse mesmo que é técnico hoje, ex-seleção italiana e irlandesa), aos três minutos de partida, inaugurou o marcador. O segundo gol italiano foi marcado pouco depois, aos 15 minutos, pelo brasileiro Amarildo, outro campeão do mundo, este em 1962. Na volta do intervalo, o Santos esboçou uma reação, com Pelé diminuindo a desvantagem para 2 a 1 aos 10 minutos da etapa complementar. No entanto, o time comandado por trataria logo de garantir a vitória, com Amarildo, novamente, fazendo o terceiro aos 22 minutos, e Mora, aos 37, o quarto. Pelé, de pênalti, dois minutos depois, deu sua última contribuição ao Santos no título e fechou o placar em 4 a 2.

    Diante de um time tão bem postado defensivamente e sem Pelé, o Peixe sabia que a tarefa de reverter o resultado naquele 14 de novembro de 1963 não seria nada fácil, mesmo jogando no Maracanã. Ao final do primeiro tempo, o cenário era desolador: o Milan vencia por 2 a 0, gols de Mazzola e Mora, e o time brasileiro estava irreconhecível. Na volta para o segundo tempo, uma mudança de postura completa garantiu ao Santos o resultado de que precisava. Dos cinco minutos da etapa final até os 23, a equipe marcou quatro gols, sendo dois deles em cobranças de falta de Pepe, o Canhão da Vila. Almir, que substituía Pelé, e Lima, fizeram os outros dois.

    Gols da virada do Santos na narração de Fiori Gigliotti

    Expulso, Maldini é conduzido para fora do gramado do Maracanã
    Expulso, Maldini é conduzido para fora do gramado do Maracanã

    O resultado forçou um terceiro e último jogo, realizado dois dias depois, em 16 de novembro de 1963, também no Maracanã. O único gol da partida, que deu o título mundial ao Santos, foi marcado por Dalmo, de pênalti. Cesare Maldini cometeu a infração em Almir, dentro da área, e, insatisfeito com a decisão do árbitro Juan Regis Brozzi, da Argentina, armou confusão e acabou sendo expulso. Provavelmente a ausência de alguém como Maldini por 60 minutos fez muita falta ao Milan, pela liderança que este exercia em campo. Rivera, que não foi para o jogo, também poderia ter feito a diferença para os italianos, embora o Santos também tivesse o desfalque de Pelé. Desta forma, as mais de 120 mil pessoas presentes no Maracanã viram o Peixe conquistar o bimundial, enquanto o Milan teve de retornar à Itália com a frustração de uma derrota que, até aquele intervalo do dia 14, estava fora de cogitação.

    O Milan aos olhos de quem esteve em campo

    Pepe, o Canhão da Vila, foi essencial para a conquista do bimundial do Santos, com dois gols de falta no segundo jogo que justificaram seu apelido. Em entrevista à Trivela, o segundo maior artilheiro da história do Peixe, com 405 gols, falou sobre o Milan, seus talentos individuais e deu seu relato sobre a partida.

    Conhecimento prévio sobre os Rossoneri

    “A gente conhecia um pouco o Milan pois já havíamos jogado com eles. Dizer que a gente conhecia do goleiro ao ponta-esquerda não é verdade, mas a gente sabia que era um grande time. Tinha alguns jogadores de destaque, como o Olivera, o Maldini, o Trapattoni, o próprio Mazzola, Amarildo, a gente sabia que era um time forte e que a nossa tarefa era uma tarefa muito difícil. Mas estávamos confiantes. Para isso (o jogo), nós concentramos no Maracanã uma semana antes.”

    Os principais jogadores do Milan

    “O Mazzola e o Amarildo eram os grandes destaques do time do Milan. Dois jogadores brasileiros, de seleção brasileira, que foram campeões mundiais e tudo, mas o time do Milan era um todo. O Rivera, o meia-esquerda, era sensacional. Um jogador cerebral, de muita qualidade. E atrás ali do Maldini eles tinham o Trapattoni, que era um jogador que marcava muito forte, sem dar pontapé, um marcador, e ela era encarregado de marcar o Pelé, com o Maldini na sobra. Esses eram os destaques deles, um ponta-direita também que era muito bom, o Mora, ele entrava pelo meio, em diagonal. Era um time certinho mesmo.”

    BI-CAMPEÃO DO MUNDO SEM O REI….CHUPA GAYVOTA BABACA

  • RODRIGO

    O cúr11nt23âs SEM O APITO AMIGO AMIGO É IGUAL O POPEYE SEM ESPINAFRE: NÃO EXISTE
    ENGRAÇADO ISSO, NÃO É? O LANCE ONDE A BOLA TOCOU NO BRAÇO DO DANILO FOI IGUALZINHO AO LANCE DO ANTONIO CARLOS NO DOMINGO. POR QUÊ A FAVOR DO small sccp small club cúr11nt23âs PTralhas NÃO FOI NADA, HEIN GAYVOTADA?
    AS GAYVOTAS GAMBAZENTAS FEDORENTA ATÉ TENTAM TRANSFERIR O APITO AMIGO PARA OS OUTROS CLUBES MAS NÃO TEM JEITO, ELE É PARCEIRO INSEPARÁVEL DO VOSSO SMALL GAYVOTAS A 104 ANOS!!! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    MESMO ASSIM CONTINUAM O ANÃO GAY DE SÃO PAULO KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • RODRIGO

    Foi divulgado na tarde desta segunda-feira o símbolo das Gaivotas Fiéis, torcida organizada gay do Corinthians

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    TIME DE GAYS

  • RODRIGO

    “O meu Santos é sensacional

    Só o Santos parou a guerra

    Com Rei Pelé, bi Mundial

    O maior time da Terra”

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    TIME COM MAIS GOLS NO PLANETA …..SANNNNNNNNNNNNNTOSSSSSSSSSSSSSSSSS
    CHUPA GAYVOTAIADA

  • RODRIGO

    Desta forma, as mais de 120 mil pessoas presentes no Maracanã viram o Peixe conquistar o bimundial, enquanto o Milan teve de retornar à Itália com a frustração de uma derrota que, até aquele intervalo do dia 14, estava fora de cogitação.

  • RODRIGO

    O que o Santos ganhou e fez durante 10 anos nenhum outro clube conseguiu até hoje no Brasil: vencer 23 títulos, marcar uma enxurrada de gols, se exibir por todos os cantos do mundo, parar até guerras, golear sem dó qualquer adversário e ter Pelé. Ah, Pelé… O rei jogou absurdamente muito por mais de uma década, fez o Santos ser conhecido por todos e virou o maior jogador do século.

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    SANNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNTOSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

  • RODRIGO

    O logo, que mescla elementos de maquiagem (a âncora e os remos são substuídos por utensílios de maquiagem e suporte de espelho, por exemplo)

    GAIOLA DAS LOUCAS….DUVIDA??????????????WWW.GAYVOTASFIEIS.COM.BR KKKKKKKKKK

  • RODRIGO

    Não é a primeira vez que uma torcida do Corinthians se envolve com o tema homossexualidade. Em agosto deste ano, a Polícia Civil informou que chamaria o jogador Emerson Sheik e a Camisa 12, respectivamente jogador de futebol e torcida organizada do clube, para falarem sobre a polêmica envolvendo a publicação da foto do atleta nas redes sociais dando um selinho em um amigo.

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    GAIOLA DAS LOUCAS…SMALL GAY

  • RODRIGO

    Elias, do Corinthians, promete agir judicialmente contra boatos homossexuais na Seleção Brasileira

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    GAYVOTAIADA DO CARALHO …………………

  • RODRIGO

    “Se alguém não gostar vem pra cima, mano, diz criador das Gaivotas da Fiel

    O símbolo divulgado coloca a gaivota acima do escudo do Corinthians, uma referência direta à principal organizada do clube, Gaviões da Fiel. Há menção ao mundo LGBT (sigla para Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros) nas cores do arco-íris presentes na bandeira do Estado de São Paulo. Os remos dão lugar a apetrechos de maquiagem, enquanto que a âncora vira um suporte para espelho.

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    GAIOLA DAS LOUCAS…WWW.GAYVOTASFIEIS.COM.BR

  • RODRIGO

    Felipeh Campos,
    criador da Gaivotas Fiéis

    “Eu não estou fazendo isso para incitar nenhuma torcida. Quero inserir os gays nos estádios de futebol. Um dia quiseram bater em um colega gay meu, que é jornalista, e estava trabalhando na cobertura de um jogo. O conceito da Gaivotas Fiéis é gay, mas não será uma torcida preconceituosa ao ponto de vetar mulher

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    TIME DE GAYS

  • RODRIGO

    Questionado se a Gaviões pretende criar uma versão gay da sua torcida, Cabral foi enfático. “A Gaviões tem intenção em fazer torcida gay. Não somos contra…………
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    TIME DE GAYS

MaisRecentes

Na última derrota em 1-9-9-5



Continue Lendo

Não vai dá pra ser bi invicto



Continue Lendo

Dormiu tarde para secar, anti?



Continue Lendo