O maior será o primeiro



Quis o sorteio que enfrentássemos dois times muito tradicionais e um vice-campeão da América na fase de grupos da Copa Libertadores. Mas trata-se do contrário, meus amigos: quis o destino que esses Estudiantes, Atlético Nacional  e Barcelona tivessem a a honra e o desprazer de encarar o Botafogo. Triste o time que cruza o caminho da Estrela Solitária. Azar o deles.

É claro que vamos respeitar os nossos rivais. Os argentinos, os colombianos e os equatorianos merecem, sim, ser tratados com cautela. Porém, eles é que precisam temer o poderoso brasileiro do grupo deles.

Passaremos em primeiro. Aplicaremos uma surra em cada visitante do Nilton Santos e, nas viagens, daremos muito trabalho. Na Libertadores, cada ponto retirado dos adversários, fora de casa, é válido.

Seremos campeões.



MaisRecentes

Zé, sim, é um treinador



Continue Lendo

Que saudade do Fogão!



Continue Lendo

Preocupação é o pão de queijo



Continue Lendo