Tomara que eu esteja muito enganado



Caros alvinegros, vocês sabem o problema de demorar a contratar? É que acabamos ficando à mercê do mercado. Será que um jogador que não serviu nem para aquele timeco que quase não vai nem para a Sul-Americana vai servir para jogar Libertadores? Tomara que eu esteja enganado e ele jogue toda a bola que vimos no Ceará e no São Paulo.As características dele, se ele vier e quiser mesmo jogar, são necessárias: não temos NENHUM jogador de velocidade para o ataque.

Quanto ao Luís Henrique, eu também espero muito estar enganado, mas faltou tato para todo mundo, desde 2015. O garoto subiu, renovou… um fenômeno! Mas faltava termos colocado os pés no chão. Não dava para ele trabalhar sob tamanha responsabilidade. Era muita mudança: de divisão, de categoria, de peso… Agora, para os dois lados, ficou insustentável. Acho que ele vai jogar bem onde for. Podemos sentir falta. Tomara que não.



  • walter

    nos nao vivenciamos o dia a dia do botafogo tem coisas internas que nao vazam,mas alguma coisa aconteceu para o luiz henrique ser colocado na geladeira,nao adianta especular e pura perda de tempo,mas uma coisa me chamou a atençao nos ultimos jogos em que ele atuou,ele estava individualista demais,perdeu jogada por nao passar a bola,esse e um fato,nao sei ate onde possa ter influenciado,em ele nao ter sequencia,agora e deixar ele seguir a vida nao temos muito o que fazer,nao pode e fazer a vontade de empresario e pagar uma fortuna por uma promessa,hj ele nao passa de promessa,eu leberaria numa boa sem pensar muito mas se o empresario aceitar o que o botafogo quer pagar tudo bem,e tem um detalhe que eu ia esquecendo,jogador de futebol que tem a familia administrando a carreira e muito complicado,ronaldo gaucho,neymar e outros vejam o historico de problemas nas negociaçoes.

    • Claudio

      Refugo do Flamengo, jogador bonequinha, saiu de lá pq já queria bagunçar com a garotada, e pode ser que esteja fazendo amesma coisa no teu Bota, viu?

  • théo o botafoguense

    Se continuarem com a política de “ameaças” de contratação, o que vai acontecer é a completa desmotivação dos “rapazes” da base, ex sub 20.
    Temos que aproveitá-los, ou vamos perder todos eles.

  • Baré Fogo

    Quem tem alguma noção do que ocorre nos bastidores do futebol, não faz idéia das variáveis que interferem nos destinos dos jogadores que esperam uma chance para serem testados em alguma equipe importante, como também os que lograram chegar a alguma a base de uma dessas equipes. Eu sou apenas mais um desses com alguma noção apenas , mas o pouco que sei já é suficiente para saber que não basta talento para que alguém atinja o estrelato, há que ter muita sorte e aí podemos listar sorte como: QI, empresários de nome, técnicos empresários, etc, etc, etc. Alguns haverão de concordar que, todo time que pretenda ser sempre protagonista nos campeonatos que participar, precisa ter plantel com jogadores, além de habilidosos, com características diversas, a fim de poderem entrar nos jogos e mudar o ritmo das partidas conforme as táticas que os adversários tiverem utilizando.
    No caso específico do Luís Henrique, não estou lá dentro do Botafogo para saber exatamente o que ocorreu para que não deslanchasse. Se foi por falta de oportunidades, motivada pela falta de visão da comissão técnica, ou outras situações imagináveis. A preocupação que fica é a possibilidade de perdermos talentos por falta de oportunidades, seja por qual motivo for. Não nos esqueçamos que o Edmundo antes de despontar no Vasco andou pelas divisões de base do Botafogo.

  • Jr

    AE GENERAL. BOA MATERIA. BOTAFOGO SUA ESTRELLA SOLITARIA ME CONDUZZZ. ..

MaisRecentes

Os outros que reclamem de Godger!



Continue Lendo

Confio no Roger



Continue Lendo

O maior será o primeiro



Continue Lendo