Perder para o fraco Macaé foi uma decepção



Caros alvinegros. Em pleno sábado de Carnaval, ao lado de alguns amigos, fui até Bangu para assistir ao jogo do Fogão contra o fraco Macaé. Eis que depois da grande vitória sobre o Florminense, na semana anterior, acreditava que finalmente o time reserva iria deslanchar.

Mas, para minha decepção, e acredito que de todos vocês, perdemos em casa por 2 a 0. Uma vergonha. Entendo que a comissão técnica, com apoio da diretoria, fez uma planejamento priorizando a disputa da Copa Libertadores. Mas uma coisa é priorizar uma competição, outra bem diferente é termos atuações pífias como as de sábado.

Todos têm que saber a repensabilidade que é vestir a camisa do Glorioso. No mínimo têm que demonstrar raça dentro de campo. O campo estava ruim. Na verdade, Moça Bonita, com todo o respeito que Bangu merece, não deveria sediar jogo algum de um campeonato sério. Mas estava ruim também para o Macaé.

E o professor pardal Eduardo Hungaro tem que parar de dar desculpas e organizar melhor nosso time. Parecia um bando em campo. E não sei se já constataram, mas como mexe mal no time este rapaz. Tirou Renato e Gegê, colocando Wallygol, que jogou mal, e Ferreyra, o bonde de sempre. além disso manteve o Henrique, como é ruim este rapaz, expondo o time ainda mais. Não deu outra, logo tomamos o segundo gol.

Vamos parar de falar em planejamento e jogar mais futebol. Quero ver se formos eliminados daqui a pouco na libertadores. Aqui quero ver o que vão dizer.

Saudações alvinegras.



MaisRecentes

Zé, sim, é um treinador



Continue Lendo

Que saudade do Fogão!



Continue Lendo

Preocupação é o pão de queijo



Continue Lendo