Barcos se criou quando Fogão era outro time



Caros alvinegros, respeito o Barcos. Não é qualquer jogador que faz vários gols no Fogão, mas hoje a situação é diferente. Naquela época, tínhamos Fábio “Calopsita” Ferreira na zaga e Antônio Carlos machucado. É claro que ele faria inúmeros gols. Agora, a situação é bem diferente, hermano. Te cuida!

Além de Dóriakenbauer, o mito da careca brilhante, teremos o jovem Tankler no time titular. Só de ler o que estou escrevendo, tenho medo de passar perto desta zaga. Imagine o Barcos! Nossos meninos irão engolir o cara e, se bobear, ainda marcarão alguns gols.

Além dos dois, tem um outro cara do Grêmio que respeito muito: Renato Gaúcho. Principalmente por conta do bebê que ele colocou no mundo. Rapaz, que fenômeno. Tiraria a 10 do Seedorf e a faixa de capitão do Jefferson.

Brincadeiras à parte, vou deixando meu palpite para o jogo. Acredito em 2 a 0, gols de Rafael Marques e Lodeiro. Pelo menos a vaga na Libertadores é certa!



MaisRecentes

Que saudade do Fogão!



Continue Lendo

Preocupação é o pão de queijo



Continue Lendo

Os outros que reclamem de Godger!



Continue Lendo