Guerreiro Marcelo Mattos, nós precisamos de você!



Caros alvinegros, durante esta semana conseguimos mais uma vitória de virada, contra o Resende. Foi uma vitória conquistada na base da vontade, da raça… E como temos tido raça neste início de ano.

Por lembrar disso, gostaria de falar hoje para um jogador que, além de saber jogar futebol, na minha opinião, é o símbolo mais forte da nossa gana de vencer, o jogador que incorpora o nosso mais lindo espírito combativo dentro do campo, em busca de fazer de novo o Botafogo um campeão nacional. Estou falando do nosso camisa 5, o Marcelo Mattos.

Ano passado, por conta de duas operações no púbis ele sofreu muito, perdendo o Campeonato Brasileiro todo. Além de sentir pelo sofrimento do nosso guerreiro, temos de admitir a falta que ele fez ao nosso time nos momentos de instabilidade. Apesar da ascensão de nossos jovens valores naquela posição de marcação, a experiência, a cadência e a raça do Marcelo nos fizeram falta.

Desde a pré-temporada para este ano, Mattos vinha esbanjando vontade, lutando para recuperar a forma, o tempo perdido. Nos seis primeiros jogos da Taça Guanabara foi titular em todos, mas ainda no primeiro tempo da partida contra o Resende, ele levou uma pancada no tornozelo direito e deixou o jogo. Graça a Deus não houve fratura. Mas a situação do nosso guerreiro não está fácil. O local ainda está muito inchado e necessita de tratamento. Há o risco de ficarmos sem ele para enfrentarmos os Mulambos da Gávea na semana que vem. Seria uma perda grande para o nosso meio de campo.

Por isso, galera alvinegra, vamos torcer, fazer nossas preces para os deuses alvinegros ajudarem. Que eles intercedam e dêem uma forcinha na recuperação do Marcelo. Que ela aconteça o mais breve possível. O Mattos não merece passar por estes problemas de novo. Além disso, nosso time precisa desse guerreiro dentro de campo e em plena forma.



MaisRecentes

Os outros que reclamem de Godger!



Continue Lendo

Confio no Roger



Continue Lendo

O maior será o primeiro



Continue Lendo