O símbolo do amor de todos nós



Caros Alvinegros! Não consigo dormir há algumas noites. Expectativa para ver um ídolo, felicidade, realização de um sonho ou medo de acordar e ser tudo mentira? Senti um pouco de tudo.

Era uma mistura de sentimentos que não carregava no meu coração há bastante tempo. Algo que me consumiu. Não consigo parar de pensar no meu mais novo ídolo.

Ontem, coloquei o relógio para despertar às 6h. Levantei, tomei um banho e coloquei a camisa do Botafogo com o nome de Seedorf. Passei na padaria de um amigo vascaíno próximo à minha casa, em Botafogo, e aproveitei para zoá-lo.
Com meu coração pulando, segui para o Galeão em um frescão lotado de alvinegros. Cheguei bem cedo e com meus olhos lacrimejando.

No meio do tumulto, um torcedor bateu no meu braço e quebrou a máquina fotográfica de um amigo. Está perdoado, ontem podia tudo.

O choro foi inevitável quando vi um rapaz no meio da multidão, na cadeira de rodas, com a camisa do Botafogo, esperando Seedorf chegar. Aquilo simbolizou o amor de todos nós que sonhávamos com um ídolo para nos representar.

Foi um retrato fiel da paixão de um alvinegro!



MaisRecentes

Zé, sim, é um treinador



Continue Lendo

Que saudade do Fogão!



Continue Lendo

Preocupação é o pão de queijo



Continue Lendo