Orgulho em jogo



Caros alvinegros!

Nosso clube é o Glorioso, aquele que não pode perder para ninguém, muito menos ser derrotado pelo River Plate do Sergipe. Com todo respeito ao adversário, mas vamos vencer. Hoje é dia de ir ao Engenhão, gritar das 19h30 até o fim, quando os jogadores caminharem às arquibancadas em agradecimento pelo apoio. O estádio pode não lotar, mas quem for certamente vai para incentivar, chutar, desarmar, cabecear junto. O Botafogo nos une, sempre.

Devemos esquecer as diferenças. Se você não gosta do Joel ou de qualquer cara, lembre-se que cada um deles terá a Estrela Solitária no peito nesta noite. Guarde sua vaia para o rival, que saiu de campo em festa no primeiro jogo, como se já tivesse liquidado a fatura. Um deles disse que o Botafogo viu de perto a força do River. Agora, são eles que vão conhecer a grandeza do Alvinegro.

Chega de tristeza, de agonia, de tentar argumentar há anos os porquês das eliminações. Sei que não passa de obrigação ir para a segunda fase da Copa do Brasil, mas nosso orgulho está em jogo. Sou torcedor, pago meu ingresso e não aceito ser piada. Quero dormir feliz, entrar no LANCENET! e ver mil vezes os gols da partida, ter prazer em ler as entrevistas, comprar o jornal e colocar debaixo do braço, orgulhoso de ser Botafogo.

Nesta terça-feira fui ao treino, conversei com cada jogador. Herrera é pura vontade, Caio mostrou energia de sobra para brilhar e Joel garantiu que os filhos estão preparados. Chega de lembrar Copa do Brasil desperdiçada. Do passado, o que ficou foi a camisa do Glorioso, assim como nós, torcedores, fiéis. Vamos virar isso, Fogão!

Saudações alvinegras!



MaisRecentes

Os outros que reclamem de Godger!



Continue Lendo

Confio no Roger



Continue Lendo

O maior será o primeiro



Continue Lendo