Alegria garantida há muito tempo: valeu molambos



Caros, alvinegros! Minha convicção de ganhar do Flamengo vem desde que nasci. Nos bons tempos de Maracanã, ver o duelo era apenas uma certeza de aumentar as estatísticas positivas.

Em 1964, Nilton Santos jogou a última partida da carreira logo contra o nosso eterno freguês. No fim, 1 a 0. Eram tempos de baile, de Garrincha e Amarildo. Depois vieram Jairzinho, Mendonça, Maurício e Túlio Maravilha, todos carrascos da urubuzada.

Aguardem! Domingo tem mais.



MaisRecentes

O maior será o primeiro



Continue Lendo

Superpimpônico



Continue Lendo

Jair, pode colocar qualquer um!



Continue Lendo