Reencontro com a história vai de três em três…



Caros alvinegros! Na máquina de calcular daqueles que acreditam, só existem dois botões: o sinal de mais e o número três. Minha conta é vencedora, assim como a mentalidade deste grupo. Podemos ir mais longe!

Ao ver o Caio chorar no reencontro com a mãe, me emocionei só de imaginar como será nossa volta para a competição matre das Américas, a Libertadores, pela qual guardo tanto.

Em 2011, 15 anos depois da última vez, vamos mostrar para mamãe como crescemos. Somos grandes, com estádio, centro de treinamento, técnico, ídolos e títulos, como o que virá em 5 de dezembro, contra o Grêmio.

É com alegria e a união de uma família comandada pelo Papai que a torcida do Glorioso vai sair pelas ruas e comemorar. A conta está feita, a turma está reunida e o Fogão está perto daqueles que são mestres em entregar no fim. Não tem como ser diferente. Vai dar Botafogo, como em um final realmente feliz.



MaisRecentes

Os outros que reclamem de Godger!



Continue Lendo

Confio no Roger



Continue Lendo

O maior será o primeiro



Continue Lendo