Evento em Paris vai debater questão do clube-empresa no futebol brasileiro



Encontro na sede da Federação Francesa de Futebol, com a Secretária Geral da FFF, Laura Georges. Crédito: Divulgação

A discussão sobre a profissionalização do futebol brasileiro, com leis favoráveis ao clube-empresa, está esquentando tanto no Brasil como no exterior. Eduardo Tega, organizador do Football Tour Xperience (FTX), programa de imersão profissional em colaboração com a Federação Francesa de Futebol, organizará nesta terça-feira uma mesa redonda sobre clube-empresa no Brasil no Le Tremplin, primeiro Centro de Inovação Esportiva do Mundo, em Paris.

O debate será coordenado pelo advogado Pedro Trengrouse, professor da FGV, que está acompanhando de perto o debate no Congresso Nacional, e terá a participação de Marcelo Paz, presidente do Fortaleza, atual campeão da Série B, Luís Henrique Ribeiro, presidente do Clube Atlético Tubarão, que se organizou como empresa em 2016 e, desde então, quadruplicou o número de empregos gerados, e Hugo Rocha, brasileiro que adquiriu o Louletano DC, clube de futebol português do Algarve.

O evento contará com a presença do ex-técnico René Simões, Moussa Ezzeddine, PhD em Economia Esportiva pela Sorbone, Cássio Brandão, diretor do Google no Brasil, Didier Primault, coordenador do Centro de Direito e Economia do Esporte (CDES) de Limoges, o ex-jogador Juan, idealizador do movimento Bom Senso no Brasil, além de agentes e importantes investidores



MaisRecentes

Futebol americano: NFL e Microsoft ampliam parceria de atuação digital



Continue Lendo

Delta torna-se o primeiro parceiro da Olimpíada de Los Angeles-2028



Continue Lendo