Ex-governador Sérgio Cabral gera divisão entre grupos políticos do Vasco



Sérgio Cabral, ex-governador do Rio de Janeiro, e condenado por corrupção, está preso desde 2016. Entretanto, mesmo confinado, Cabral é motivo de discórdia no Vasco, clube do qual é sócio. Há várias correntes políticas que defendem a sua exclusão do quadro de associados.

No entanto, há grupos que defendem a sua permanência. Roberto Monteiro, presidente do Conselho Deliberativo, se diz neutro. Alguns conselheiros, no entanto, vão protocolar o pedido de exclusão de Cabral nas próximas semanas.



MaisRecentes

Futebol americano: NFL e Microsoft ampliam parceria de atuação digital



Continue Lendo

Delta torna-se o primeiro parceiro da Olimpíada de Los Angeles-2028



Continue Lendo