Ex-governador Sérgio Cabral gera divisão entre grupos políticos do Vasco



Sérgio Cabral, ex-governador do Rio de Janeiro, e condenado por corrupção, está preso desde 2016. Entretanto, mesmo confinado, Cabral é motivo de discórdia no Vasco, clube do qual é sócio. Há várias correntes políticas que defendem a sua exclusão do quadro de associados.

No entanto, há grupos que defendem a sua permanência. Roberto Monteiro, presidente do Conselho Deliberativo, se diz neutro. Alguns conselheiros, no entanto, vão protocolar o pedido de exclusão de Cabral nas próximas semanas.



MaisRecentes

Dirigentes do Volta Redonda tentam explicar mistério sobre direitos de Marrony



Continue Lendo

FERJ e Corpo de Bombeiros estudam criar padronização na vistoria dos estádios



Continue Lendo

Piloto Átila Abreu, da Shell V-Power, tem novo patrocinador para a ‘Corrida do Milhão’



Continue Lendo