Grupo de jogadores endossou afastamento de Thiago Galhardo no Vasco



Thiago Galhardo foi afastado pela diretoria no último domingo. Crédito: supervasco.com

O afastamento do meia Thiago Galhardo, decidido pela diretoria do Vasco no último sábado, só foi comunicado ao jogador, um dia depois, no Maracanã, após a vitória sobre o Bangu. E por que o jogador não foi avisado no próprio sábado? A razão foi simples: Galhardo teve de encarar de frente o grupo de jogadores, dentro do vestiário, para explicar real o motivo de sua saída. Entre as suspeitas de vazar informações internas para a imprensa e minar o técnico Alberto Valentim, o grupo acabou endossando a sua saída.

Segundo informações dos corredores de São Januário, há algum tempo havia um “embate” entre Galhardo e o técnico Alberto Valentim. Muito mais pelo lado do jogador, inconformado com a reserva. Entretanto, o grupo de jogadores não interveio na questão, mas a situação ficou insustentável quando “informações de vestiário” começaram a vazar para a imprensa.

E a gota d’água teria sido na última sexta-feira, quando o conteúdo da reunião entre representantes dos jogadores e a diretoria, vazou para o público. A partir daí, parte dos atletas passou a cobrar uma explicação, o que acabou acontecendo no vestiário do Maracanã.



MaisRecentes

Tecnologia brasileira é implantada em estádios da América do Sul



Continue Lendo

Fortaleza ajuda população com vacinas contra a gripe



Continue Lendo

Universidade Brasil, parceira de Flamengo e Corinthians, quer ampliar programa de estudos



Continue Lendo