Após prisão do governador Pezão, vice jurídico do Volta Redonda depõe à Polícia Federal na ‘Operação Lava-Jato’



Na imagem, Gustavo Horta, o Guy, filho do presidente (de camisa verde, na cancela), evita a entrada de pessoas na sede do Volta Redonda. Crédito: Divulgação

O Volta Redonda, clube do interior do Rio de Janeiro, tem vivido dias tensos. Com eleição marcada para o próximo dia 8, o atual presidente, Flavio Horta, que concorre à reeleição, está afastado pelo conselho deliberativo por 60 dias. Um de seus filhos, Flavio Horta Jr., que é vice jurídico do clube, prestou depoimento, nesta quinta-feira, após condução coercitiva, à Polícia Federal, pela “Operação Lava-Jato”. Flavio Horta é cunhado do governador Luiz Fernando Pezão, preso ontem. Flavio Jr. é sócio de Roberto Horta Jardim Salles, enteado de Pezão, em um escritório de advocacia.

Após a prisão do governador Pezão, houve relatos de que funcionários do Volta Redonda passaram a noite no clube, que teve a sua entrada guardada por seguranças armados, que impediram qualquer pessoa de adentrar às dependências da sede do Voltaço. Inclusive, o atual vice-presidente do clube, Gabriel Torturella, que é o mandatário com o afastamento de Flavio Horta, foi impedido de entrar. Houve relatos também de que todas as câmeras de segurança foram desligadas. (veja o vídeo abaixo).

Flavio Horta, em entrevista ao blog, explicou o seu afastamento e o depoimento do filho à Polícia Federal. “Fui afastado por uma manobra política, daqueles que não querem me ver reeleito. Já o Pezão é meu cunhado, gosto muito dele, mas não temos nenhum envolvimento político. O depoimento do Flavio não teve nada a ver com o clube, foi uma questão de eleição, eu acho. A polícia recolheu uns documentos e fez perguntas a ele. Nada demais. O Flavio é um ótimo profissional, correto e não deve nada a ninguém”, explicou o pai.



MaisRecentes

Final da Libertadores desperta interesse do espectador brasileiro e audiência explode



Continue Lendo

Pedro Abad pode deixar o comando do Fluminense ainda em 2018



Continue Lendo

Contratação de Felipe Melo pelo Flamengo faz parte de ‘presente de Natal’ pedido por Abel Braga



Continue Lendo