Detalhe técnico pode impossibilitar obra no campo do clube Everest



O terreno do campo do Everest deverá ser usado para a construção de unidades do programa habitacional “Minha Casa, Minha Vida”. Crédito: Divulgação

Após a prefeitura do Rio de Janeiro apoiar a construção de unidades do programa federal de habitação “Minha Casa, Minha Vida”, no terreno do clube Everest, que fica em Inhaúma, na Zona Norte do Rio, um detalhe técnico pode impossibilitar a obra.

O financiamento é responsabilidade da Caixa Econômica Federal e, devido a um problema na estrutura do terreno, o orçamento ultrapassará o teto do programa federal. A prefeitura que, em um primeiro momento, teria se comprometido a fazer a obra, recuou. Entretanto, as negociações continuam para fazer o projeto sair do papel.



MaisRecentes

Vasco acerta aumento pontual da exposição do Azeite Royal na camisa



Continue Lendo

Especialistas em Direito do Esporte se unem em um novo escritório de advocacia



Continue Lendo

Caso Everest: Diário Oficial publica autorização para licitar nova sede do clube



Continue Lendo