Oposição vai pedir que Diego Alves permaneça no Flamengo



Após ser barrado, o goleiro Diego Alves se recusou a viajar para enfrentar o Paraná. Crédito: flamengorj

A eleição presidencial no Flamengo acontecerá apenas em dezembro, mas, na prática, o embate político já começou. E, se no caso envolvendo a venda do meia Lucas Paquetá ao Milan, o tom usado pelas correntes de oposição foi agressivo, agora, será harmonioso.

Grupos contrários à administração de Eduardo Bandeira de Mello, pedirão ao dirigente que coloque “panos quentes” no caso do goleiro Diego Alves e o mantenha no clube. Na opinião da maioria dos opositores, seria uma atitude irresponsável dispensá-lo a dois meses do fim do atual mandato.



MaisRecentes

De saída do Corinthians, atacante Roger interessa a Botafogo e Vasco



Continue Lendo

Conselheiros do Vasco criticam atuação de diretor de futebol



Continue Lendo

Árbitros da Ferj estão sem receber parte dos pagamentos



Continue Lendo