Oposição se enfurece com Bandeira de Mello e pode pedir a sua exclusão do Flamengo



 

Eduardo Bandeira de Mello tem enfrentado crítica da oposição no Flamengo. Crédito: LANCE!

A entrevista coletiva concedida nesta quarta-feira, pelo presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, teve efeito oposto ao pretendido pelo dirigente. Esperando colocar fim às polêmicas sobre a venda do meia Lucas Paquetá ao Milan, da Itália, o teor da conversa não agradou aos membros da oposição à sua administração. Ainda inconformados com a negociação “às escuras” como definiu um opositor, as críticas só aumentaram.

Esse mesmo opositor, que preferiu o anonimato, afirmou que um possível pedido de impeachment não terá qualquer efeito prático, pois faltam dois meses para o fim da gestão de Bandeira de Mello (haverá eleição presidencial em dezembro). Entretanto, ele garante que medidas serão tomadas contra o atual presidente rubro-negro. Até mesmo um pedido para que ele seja excluído do quadro associativo pode ser feito.



MaisRecentes

Volta Redonda é o único clube do RJ a não publicar balancete. Dirigente promete números nesta quinta-feira



Continue Lendo

Ricardo Rocha lança canal de análises e entrevistas no YouTube



Continue Lendo

Dirigente tem a missão de transformar a Inter de Limeira em clube-empresa



Continue Lendo