Base recua e prefeito Marcelo Crivella vai se reunir com o Everest



O campo do clube Everest tem sofrido com a especulação imobiliária. Crédito: Reprodução/internet

Com Jonas Moura e Marcello Neves

O clube Everest, no bairro de Inhaúma, no Rio de Janeiro, obteve uma vitória importante nesta quarta-feira na tentativa de não perder seu campo, um dos poucos de grama natural na cidade.

A base do prefeito Marcelo Crivella (PRB) defendeu novo adiamento da votação sobre o destombamento do terreno, que é alvo do governo municipal para a construção de prédios do Minha Casa Minha Vida, e a prefeitura prometeu um encontro com representantes do clube na semana que vem, em busca de uma solução.

A decisão foi comemorada pelo clube e por vereadores que defendem a causa. Como o Everest é protegido por lei municipal, a prefeitura precisa retirá-lo da proteção para poder derrubar o campo. São necessários 26 votos, número que a base do prefeito teve receio de não conseguir. Nas últimas semanas, aumentou o número de políticos favoráveis à manutenção do tradicional palco por onde já passaram diversos jogadores e ex-jogadores, como Zico.

A promessa da construção das moradias foi feita para a comunidade do Parque Everest, que convive com risco de desabamento, em março deste ano. Agora, a expectativa é que a prefeitura aceite utilizar um terreno alternativo para ir adiante com o projeto.



MaisRecentes

À espera de decisão da Justiça sobre eleição, oposição se movimenta no Vasco



Continue Lendo

Instituto Guga Kuerten consegue captar doações via ‘Clube do Patrocínio’



Continue Lendo

Grupos respeitam luto por Eurico, mas rearrumação política está em curso



Continue Lendo