Base recua e prefeito Marcelo Crivella vai se reunir com o Everest



O campo do clube Everest tem sofrido com a especulação imobiliária. Crédito: Reprodução/internet

Com Jonas Moura e Marcello Neves

O clube Everest, no bairro de Inhaúma, no Rio de Janeiro, obteve uma vitória importante nesta quarta-feira na tentativa de não perder seu campo, um dos poucos de grama natural na cidade.

A base do prefeito Marcelo Crivella (PRB) defendeu novo adiamento da votação sobre o destombamento do terreno, que é alvo do governo municipal para a construção de prédios do Minha Casa Minha Vida, e a prefeitura prometeu um encontro com representantes do clube na semana que vem, em busca de uma solução.

A decisão foi comemorada pelo clube e por vereadores que defendem a causa. Como o Everest é protegido por lei municipal, a prefeitura precisa retirá-lo da proteção para poder derrubar o campo. São necessários 26 votos, número que a base do prefeito teve receio de não conseguir. Nas últimas semanas, aumentou o número de políticos favoráveis à manutenção do tradicional palco por onde já passaram diversos jogadores e ex-jogadores, como Zico.

A promessa da construção das moradias foi feita para a comunidade do Parque Everest, que convive com risco de desabamento, em março deste ano. Agora, a expectativa é que a prefeitura aceite utilizar um terreno alternativo para ir adiante com o projeto.



MaisRecentes

Final da Libertadores desperta interesse do espectador brasileiro e audiência explode



Continue Lendo

Pedro Abad pode deixar o comando do Fluminense ainda em 2018



Continue Lendo

Contratação de Felipe Melo pelo Flamengo faz parte de ‘presente de Natal’ pedido por Abel Braga



Continue Lendo